9º Prêmio Expressão de Ecologia (2001)

Conheça abaixo os vencedores por ordem alfabética.

 

94 projetos inscritos
24 projetos vencedores
Premiação: FIESC (27/11/2001)

 

Organização: AGCO do Brasil 
Cidade: Canoas (RS)
Categoria: Gestão de Resíduos Sólidos Industriais
Título do projeto: Reciclar para o Social: uma Atitude que Faz a Diferença
Resumo:  Diariamente 1,3 toneladas de resíduos são acondicionados na central de resíduos da empresa. O material é transportado e depositado na associação pela prefeitura de Canoas, para que os associados façam a triagem e comercialização. A empresa também racionalizou o uso de madeira na embalagem de seus produtos e o excedente é destinado à construção de moradias populares.

 

Organização: Aurora Alimentos
Cidade: Chapecó (SC)
Categoria: Educação Ambiental
Título do projeto: Programa Despertar - A Turminha da Reciclagem
Resumo:  Um universo de 600 crianças já participou do projeto, em quatro escolas de Chapecó ou em visitas às unidades da Aurora em São Miguel do Oeste, Quilombo e Chapecó. A apresentação de uma peça teatral, exibição de um vídeo e distribuição de CD e cartilha, ensinam as crianças a importância de reciclar e o tempo que diversos materiais demoram para se decompor na natureza. As escolas recebem recipientes para fazer a separação do lixo.

 

Organização: Escola Básica Municipal Criança do Futuro
Cidade: Videira (SC)
Categoria: Educação Ambiental
Título do projeto: Reeducação Ambiental e Qualidade de Vida
Resumo: Alunos da pré-escola à 8ª série Escola Criança do Futuro trabalham na preservação do rio Lageado do Tigre, que passa ao lado da escola. 1.100 alunos adotaram o rio retirando entulhos, colhendo animais para futuros estudos e conscientizando a população ribeirinha. Na primeira etapa, o projeto limpou os mangues e detectou focos de lixo e esgoto. As crianças também promovem reflorestamento das margens com o plantio de mudas nativas.

 

Organização: Ciser
Cidade: Joinville (SC)
Categoria: Conservação de Recursos Naturais
Título do projeto: Preservação das Nascentes do Quiriri
Resumo: A empresa adquiriu áreas de terra localizadas ao Norte de Santa Catarina, o Alto e Baixo Quiriri, região rica em recursos hídricos para preservar suas nascentes. Foram protegidas 60% das nascentes do Quiriri, o que corresponde a 17% da água que é retirada do rio Cubatão. Isso representa 10% da água consumida pelos joinvilenses. Atualmente, o total de terras preservadas é de 12 mil hectares, totalmente intocados, preservando os mananciais.

 

Organização: Claudio Vogel
Cidade: Rio Grande do Sul
Categoria: Controle da Poluição
Título do projeto: Eliminação do Chumbo no Processo Produtivo
Resumo: Eliminou-se a utilização de chumbo, metal pesado e altamente tóxico, do processo de produção da telha esmaltada, os resíduos líquidos foram extintos, evitando a contaminação do meio ambiente e o custo com tratamento e armazenagem. A queima de lenha no processo de produção foi eliminada. Isso foi possível graças à eliminação do chumbo, que permitiu substituir a fonte de energia: a lenha foi substituída por gás liquefeito de petróleo.

 

Organização: Conspizza 
Cidade: Curitiba (PR)
Categoria: Tecnologia de Controle Ambiental
Título do projeto: Mais Verde, Mais Vida
Resumo:  Recuperação de áreas degradadas com a utilização do processo de hidrossemeadura. O método para recuperar áreas é a aplicação de uma massa pastosa composta de fertilizantes minerais e orgânicos. Lançada por jatos de alta pressão, essa massa adere à superfície do solo, formando uma camada protetora, além de fixar as sementes, funcionando como um escudo de proteção contra os agentes causadores da erosão.

 

Organização: Dalquim
Cidade: Três Barras (SC)
Categoria: Controle da Poluição
Título do projeto: Extinção de Resíduo Sólido Classe II e Transformação em Efluente Líquido de Alta Carga Poluidora em Produto de Elevado Interesse Econômico
Resumo: Na produção de ácido graxo de soja e ácido graxo de tall oi são gerados, mais de 50% do volume total de uma certa água ácida. Constatou-se que o efluente seria útil aos processos da Rigesa Celulose e Papel, localizada em Três Barras, a 15 quilômetros da Dalquim. A Rigesa recebe gratuitamente a solução de sulfato de sódio, enquanto a Dalquim reduziu quase a zero o funcionamento de sua ETE.

 

Organização: EMATER / ASCAR
Cidade: Porto Alegre (RS)
Categoria: Agropecuária
Título do projeto: Plano Piloto de Agricultura Ecológica - Região Centro Serra do Rio Grande do Sul
Resumo: A agroecologia, que aos poucos vai sendo difundida na região, usa tecnologia sem adubação química, agrotóxicos ou sementes transgênicas, suprimindo os riscos que a produção convencional oferece ao meio ambiente, produtor rural e ao consumidor final. Além disso, o sistema implantado é participativo, visando a sustentabilidade do processo de cultivo. O projeto tem três anos de desenvolvimento e hoje a área de plantio chega aos 80 hectares.

 

Organização: FAEMA -Fundação de Meio Ambiente de Blumenau
Cidade: Blumenau (SC)
Categoria: Conservação de Recursos Naturais
Título do projeto: Programa do Manejo Sustentável do Palmito
Resumo: O programa objetivou viabilizar o manejo do palmito em pequenas propriedades de Blumenau, numa perspectiva de baixo impacto ambiental. O manejo evita que se prejudique o potencial da floresta e permite integrar o homem ao ambiente florestal, harmonizando ganhos econômicos e ambientais.

 

Organização: FURB - Universidade Regional de Blumenau
Cidade: Blumenau (SC)
Categoria: Gestão Ambiental
Título do projeto: O Sistema de Gestão Ambiental da FURB
Resumo: O objetivo é multiplicar a cultura ambiental através dos profissionais formados e construir conhecimento técnico-científico sobre gestão ambiental. Embora ainda não esteja totalmente concluído, o projeto já tem resultados em gestão de resíduos sólidos recicláveis e na correta destinação dos resíduos tóxicos provenientes dos laboratórios de graduação, além de um consistente trabalho de conscientização dos públicos interno e externo.

 

Organização: Global Telecom
Cidade: Curitiba (PR)
Categoria: Gestão Ambiental
Título do projeto: GAA - Gerenciamento Ambiental Avançado
Resumo: Em convênio com a Universidade Federal do Paraná, a empresa iniciou um sistema de gerenciamento que enfoca o meio ambiente através da exploração dos mecanismos que podem proporcionar lucro, sobrevivência do empreendimento e qualidade de vida. Tratamento de resíduos, normatizações e desenvolvimento de tecnologias, buscam estimular a mudança de atitude e as melhores tecnologias para aumentar a produtividade, diminuir os custos e desenvolver o meio ambiente.

 

Organização: Iguaçu Celulose 
Cidade: Piraí do Sul (PR)
Categoria: Recuperação de Áreas Degradadas
Título do projeto: Recuperação de Aterro de Lama de Cal em Indústria de Celulose não Branqueada
Resumo: O foco do projeto foi a restauração deuma área de 5.250 m² que foi utilizada, de 1980 a 1996, como despejo de lama de cal, resíduo do processo de fabricação de celulose que produz chorume com características altamente poluentes, produzindo efeitos nocivos sobre a vegetação, o solo e as águas subterrâneas. Foram adotadas medidas para que fossem criadas condições para o restabelecimento de uma comunidade vegetal na área.

 

Organização: Klimata - Centro de Estudos Ambientais
Cidade: Florianópolis (SC)
Categoria: Educação Ambiental
Título do projeto: Projeto Harmonia da Terra - Capacitação em Ecopedagogia
Resumo: O projeto promove e desenvolve um curso gratuito de capacitação em ecopedagogia, dirigido a profissionais de educação da rede pública escolar e membros das comunidades escolares de três regiões do Estado de Santa Catarina. A ecopedagogia promove a aprendizagem do sentido das coisas a partir da vida cotidiana. É uma pedagogia democrática e solidária, que visa a participação do cidadão na sua comunidade, estado e país.

 

Organização: Lupatech 
Cidade: Caxias do Sul (RS)
Categoria: Controle da Poluição
Título do projeto: Tratamento de Cera Solúvel
Resumo: Para fabricação de peças pelo processo de microfusão com detalhes internos é necessário que a peça seja injetada sobre um "macho", que pode ser de cerâmica ou cera solúvel. A empresa optou por cera solúvel por se tratar de produto de fácil remoção, em solução de ácido clorídrico. A remoção gera um efluente líquido que carrega uma espuma de cera. Uma caixa de gorduras retém a espuma, permitindo que o líquido possa ser reutilizado.

 

Organização: Multibras
Cidade: Joinville (SC)
Categoria: Controle da Poluição
Título do projeto: Coleta Seletiva na Unidade Joinville
Resumo: Devido ao alto índice de lixo encaminhado ao aterro sanitário, o Grupo de Apoio ao Meio Ambiente da empresa desenvolveu um programa de gestão dos resíduos, para monitorar e controlar aqueles gerados na fábrica. O programa promoveu uma redução de 43% no volume de lixo, possível graças ao reaproveitamento dos materiais recicláveis. Isso possibilitou o aumento da vida útil do aterro sanitário, além de economia de recursos naturais e de energia elétrica.

 

Organização: Novo Nordisk 
Cidade: Araucária (PR)
Categoria: Gestão de Resíduos Sólidos Industriais
Título do projeto: Gestão de Resíduos Industriais
Resumo: Dona de uma linha de produção ecologicamente correta, a Novo Nordisk é a maior produtora do país de enzimas industriais, que são proteínas que atuam como catalisadores biológicos, acelerando reações químicas. A empresa iniciou o processo de adoção da gestão ambiental pela separação de materiais para reduzi-los ou eliminá-los. Também foi reorganizado o fluxo interno de materiais e divulgados para todos os funcionários os procedimentos corretos.

 

Organização: Perdigão
Cidade: Serafina Corrêa (RS)
Categoria: Controle da Poluição
Título do projeto: Produção com Sustentabilidade Ambiental
Resumo:  Os principais resultados alcançados foram melhoria da qualidade e redução da quantidade de efluentes, além da diminuição do consumo de água e de energia elétrica. O sistema utilizado foi o de lodos ativados, no qual peixes filtradores removem nitrogênio e fósforo. O novo método gerou uma economia de R$ 146 mil por ano e o aumento de 7% na capacidade produtiva da unidade.

 

Organização: Prefeitura de Porto Alegre - Secretaria do Meio Ambiente
Cidade: Porto Alegre (RS)
Categoria: Recuperação de Áreas Degradadas
Título do projeto: Preservação de Ambiente Natural e Recuperação de Áreas Degradadas da Bacia do Arroio Dilúvio
Resumo: Com o objetivo de recuperar áreas degradas da Bacia do Arroio Dilúvio e melhorar a qualidade de vida de seus habitantes, o projeto efetuou um estudo de adequabilidade de usos da bacia. Com isso reassentou mais de 700 pessoas moradoras em área de risco ou imprópria para moradia, implantando um loteamento habitacional. O projeto também reforçou a fiscalização e controle de ocupações irregulares na área e recuperou as áreas degradadas.

 

Organização: Sadia
Cidade: Toledo (PR)
Categoria: Gestão de Resíduos Sólidos Industriais
Título do projeto: Lixo Útil, uma Realidade na Empresa e na Comunidade
Resumo: Preocupada com a preservação do meio ambiente, a partir de 1996 a unidade de Toledo da Sadia implantou o projeto de separação de todo o lixo que é gerado na unidade. Em 1999, para melhorar o programa implantou-se a coleta seletiva de lixo para gerar empregos e a receita da venda dos materiais reciclados é aplicada em projetos de melhorias nos pátios da empresa, beneficiando os empregados em termos de segurança, bem estar e lazer na empresa.

 

Organização: Seara 
Cidade: Itajaí (SC)
Categoria: Manejo Florestal
Título do projeto: Programa de Parceria Florestal
Resumo:  A meta é o plantio anual mínimo de 200 hectares de florestas de Eucalyptus sp, abrangendo as propriedades rurais das regiões de Itapiranga e Seara e estabelecer parcerias com o maior número de produtores, oferecendo condições técnicas e mudas. O programa promove o aumento da cobertura florestal na região, com fins econômicos, sociais, energéticos e ecológicos, priorizando áreas sem aptidão para produção agrícola.

 

Organização: Secretaria de Desenvolvimento Rural e Agricultura de Santa Catarina 
Cidade: Florianópolis (SC)
Categoria: Manejo Florestal
Título do projeto: Projeto Florestal de Trabalho e Renda
Resumo: O programa objetiva corrigir a distorção da atividade florestal extrativista, trazendo o cultivo de florestas para ser incorporado a outras atividades no meio rural e para atender as necessidades dos pequenos produtores. O cultivo de florestas de rápido crescimento torna-se instrumento produtivo, atendendo as demandas de madeira para consumo doméstico e secagem de folhas e grãos, principalmente fumo. O projeto envolve 6.487 produtores rurais.

 

Organização: Tigre 
Cidade: Joinville (SC)
Categoria: Tecnologia de Controle Ambiental
Título do projeto: Sistema de Esgoto à Prova de Contaminação
Resumo: O sistema é um projeto que não permite qualquer contaminação do terreno em que está instalado. Promove maior equilíbrio no habitat humano do ponto de vista ambiental e da saúde, mantendo o esgoto longe do contato com o solo e o lençol freático enquanto é transportado a um destino adequado.

 

Organização: Tim Celular
Cidade: Curitiba (PR)
Categoria: Controle da Poluição
Título do projeto: Campanha de Recolhimento de Baterias Usadas de Celular
Resumo: A bateria de celular contém substâncias são inofensivas ao homem se acondicionadas de maneira correta, mas se tornam tóxicas se descartadas no lixo comum. O vazamento pode contaminar o solo, o lençol freático e as plantas. A contaminação através dos alimentos pode causar doenças como câncer, edema pulmonar, osteoporose e danos ao sistema nervoso. Através de uma parceria com a SPVS (Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem) a Tim se propôs a encontrar uma solução para as baterias usadas: coletar o material e devolvê-lo aos fabricantes.

 

Organização: Gerasul
Cidade: Florianópolis (SC)
Categoria: Gestão Ambiental
Título do projeto: Gerenciamento Ambiental da Usina Hidrelétrica de Itá
Resumo: O objetivo era diminuir o máximo possível os impactos causados pela construção e implantação da Usina Hidrelétrica de Itá, no Rio Uruguai, entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Concluída em 2001, a usina resultou na formação de um lago com 141 quilômetros quadrados. Com maior participação no empreendimento, a Gerasul desenvolveu 23 programas socioambientais voltados a minimizar os danos ambientais e impactos sociais sobre as comunidades atingidas.

 

Vencedores por ano:

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.