01/11/2013

Oceanos absorvem mais calor do que se pensava, diz estudo

Foto: Divulgação

Uma pesquisa que analisou dados da temperatura do Pacífico nos últimos 10 mil anos indicou que os oceanos têm absorvido uma parcela de calor muito maior do que se pensava.


O aquecimento das águas mais fundas do Pacífico nas últimas décadas foi maior do que em qualquer momento desde o fim da última Era do Gelo, sendo 15 vezes maior agora do que há 10 mil anos.

"Nós podemos ter subestimado a eficiência dos oceanos como armazéns de calor e de energia", disse Yair Rosenthal, da Universidade Rudgers, um dos autores do trabalho, publicado hoje na revista "Science".

"Pode ser que isso nos dê algum tempo para chegar a um acordo sobre o aquecimento global, mas quanto tempo, eu realmente não sei. Mas isso [a absorção de calor pelo oceano] não irá parar o aquecimento global", completou o cientista.

Para muito dos que negam o aquecimento global, o fato de na última década a temperatura média atmosférica ter aumentado em ritmo menor, ou mesmo diminuído levemente em alguns lugares, indicaria que o homem não é principal o responsável pelo fenômeno.

Com o novo trabalho, os cientistas sabem com mais precisão para onde esse calor está indo.

O trabalho se baseou na análise da quantidade de cálcio e magnésio de um organismo unicelular, o Hyalinea balthica, recolhido em amostras próximo à Indonésia, em uma região onde as águas do Pacífico e do Índico se encontram. Quanto mais quente estivessem as águas quando o organismo se calcificou, maior a proporção de magnésio em relação ao cálcio.

Fonte: Folha de São Paulo




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.