04/03/2015 Viajar de avião ficou mais sustentável

Viajar de avião ficou mais sustentável

Foto: divulgação.

Iniciativa da Infraero, em parceria com a Coletiva – Ideias para o Futuro, levou para a reciclagem 45 toneladas de resíduos sólidos recolhidos em 10 aeroportos do Brasil durante o período de final de ano.

 

Atualmente, em grandes centros urbanos do país, a geração de resíduos sólidos representa uma quantidade maior do que o crescimento da população. Em São Paulo, a média que cada cidadão produz é de 360 kg de resíduos por ano. A região metropolitana, com 59 municípios, destaca-se por gerar mais de 20 mil toneladas por dia, representando 54% dos resíduos gerados no Estado de São Paulo, sendo que apenas 1,6% é reaproveitado. Em números, a quantidade estimada de materiais potencialmente reutilizáveis no estado é de 12.277,57 toneladas por dia, sendo que apenas 245,55 toneladas são encaminhadas à reciclagem diariamenteCom o objetivo de conscientizar a população e desenvolver a reciclagem no setor aeroviário, a Infraero, em parceria com a empresa de sustentabilidade Coletiva – Ideias para o Futuro, lançou uma iniciativa que destina à reciclagem 100% dos resíduos sólidos gerados nos terminais de passageiros de dez dos mais movimentados aeroportos que administra no Brasil por meio de coletores equipados com painéis publicitários.

 

O projeto, que iniciou em novembro de 2014, levou para reciclagem 45 toneladas de resíduos só no período de final de ano. Este material foi encaminhado às 16 cooperativas participantes da iniciativa. Só no mês de dezembro passaram mais de seis milhões de pessoas pelos dez aeroportos, entre elas, passageiros de aviões, integrantes de tripulações, trabalhadores de estabelecimentos de comércio e de serviços, empregados e todos os demais usuários que transitam nos saguões de check-in, halls, terminais de embarque e desembarque, áreas de acesso às aeronaves (chamados de fingers), além de entradas e saídas dos aeroportos. Outras empresas que representam o setor também assumiram o compromisso com a sustentabilidade, mostrando a importância de se criar projetos que protejam o meio ambiente. A Coletiva instalou 989 coletores equipados com painéis publicitários no Aeroporto de Congonhas (SP), no Aeroporto Internacional do Recife (PE), no Aeroporto Internacional de Fortaleza (CE), no Aeroporto Internacional de Salvador (BA), no Aeroporto Santos Dumont (RJ), no Aeroporto Pampulha (BH), no Aeroporto Internacional de Cuiabá (MT), no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes/Manaus (AM), no Aeroporto Internacional de Curitiba (PR) e no Aeroporto Internacional de Porto Alegre (RS).

 

Com a parceria firmada com a Coletiva, válida até 2024, a Infraero se posiciona como uma das pioneiras entre as empresas públicas nacionais a se adequar à Lei Federal 12.305/10, que determina que, até o início de 2015, todas as corporações – públicas ou privadas – deverão dar um destino sustentável aos resíduos sólidos recicláveis que são gerados em suas dependências. O trabalho da Coletiva para a Infraero inclui ainda a destinação dos resíduos recicláveis às cooperativas de catadores, promovendo a inclusão destas comunidades, que constituem importante pilar no desenvolvimento da sustentabilidade. Diariamente, as cooperativas também informam o volume de resíduos entregues a elas, tornando possível a mensuração do impacto do projeto.

 

As empresas interessadas em gerar benefícios ambientais e sociais podem investir no projeto e promover a ativação de suas marcas por meio dos 989 coletores instalados em pontos estratégicos dos aeroportos, que oferecem display digital ou estático para publicidade e informações de utilidade pública aos passageiros. A ideia é colocar à disposição da sociedade conteúdo relevante quanto a importância da separação de resíduos e de seu reaproveitamento, fornecendo dados que serão exibidos diariamente.

 

“Atualmente, os consumidores buscam empresas comprometidas com a sustentabilidade. Este projeto traz uma ação que gera muitos benefícios para o meio ambiente e para a sociedade, pois, ao implantarmos o sistema de coleta seletiva em 10 aeroportos da Infraero, conscientizamos os usuários e destinamos corretamente os resíduos recicláveis às cooperativas de catadores, gerando renda e emprego, ao mesmo tempo em que os anunciantes patrocinadores garantem presença de marca e uma participação ativa na logística reversa desses locais”, explica Diego Gomes Martins, CEO da Coletiva.

 

SOBRE A INFRAERO

 

Fundada em 1973, a Infraero é uma empresa pública nacional habituada à diversidade brasileira. Comprometida com as pessoas, contribui para simplificar e enriquecer a experiência de viagem dos passageiros, garantindo segurança, conforto e bom atendimento. Vinculada à Secretaria de Aviação Civil (SAC), a Infraero é reconhecida como uma multiplicadora, pois está sempre aberta a parcerias com os outros agentes (players) do setor. Com a missão de “oferecer soluções aeroportuárias inovadoras e sustentáveis aproximando pessoas e negócios” e foco permanente na excelência da prestação de bons serviços a seus clientes, a empresa administra e investe em infraestrutura aeroportuária, com obras e melhorias em todos os estados brasileiros.

 

Administra desde grandes aeroportos até alguns tão pequenos que ainda não recebem voos comerciais regulares, mas cumprem a função de representar a soberania nacional em áreas longínquas e de fronteira. Ao todo são 60 aeroportos, 72 Estações Prestadoras de Serviços de Telecomunicações e de Tráfego Aéreo e 28 Terminais de Logística de Carga. Em 2013, seus aeroportos registraram 135,7 milhões de embarques e desembarques e movimentaram 656,7 mil toneladas de carga. A Empresa também tem participação, com 49%, nas Sociedades de Propósitos Específicos (SPEs) que administram os terminais de Guarulhos e Viracopos (SP), Brasília (DF), Confins (MG) e Galeão (RJ), além de ser referência na capacitação de profissionais destinados às atividades aeroportuárias, sendo a única empresa pública brasileira autorizada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) a oferecer treinamentos especializados.

 

As conquistas da Infraero ao longo dos anos mostram que ela está em evolução constante, sempre se renovando e investindo em treinamento e tecnologia na busca da melhoria da prestação de serviços e soluções aeroportuárias. Afinal, investir em crescimento sustentável, participando do desenvolvimento do País e do setor, com o menor impacto ambiental possível, é o compromisso da Infraero com o Brasil e com as próximas gerações.

 

SOBRE A COLETIVA

 

O desenvolvimento sustentável já não é uma opção ou questão de idealismo. Mais do que em qualquer época de nossa história, é uma obrigatoriedade para pessoas e empresas que possuem uma visão de longo prazo e desejam garantir a vida saudável e segura no planeta. Sob essa premissa é que surgiu a Coletiva – Ideias para o Futuro, empresa criada pelo empresário Diego Gomes Martins para desenvolver e aplicar projetos alinhados a estratégias de sustentabilidade em grandes corporações. A proposta da empresa é ampliar o valor das marcas, aproximá-las dos consumidores e permitir que ambos façam parte do mesmo universo, criando oportunidades para que as marcas se relacionem diariamente com seus clientes. A Coletiva tem em sua carteira clientes como Shell, Pepsi, Ariel, Citibank, Heineken e Endeavor, entre outros.

 

Informações para a Imprensa

 

Ana Paula – anapaula@casadobomconteudo.com.br

Gil Dias – gil@casadobomconteudo.com.br

Marcelo Affini – affini@casadobomconteudo.com.br

Tels. (11) 3097-9462 ou 3031-0670

Fonte: Portal Casa do Bom Conteúdo.




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro
Siga-nos no facebook

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.