04/03/2016 Governo do Paraná cria 26º BPM e entrega licenças ambientais para a Klabin e Copel

Governo do Paraná cria 26º BPM e entrega licenças ambientais para a Klabin e Copel

Governador Beto Richa durante solenidade de assinatura do decreto que cria o 26º.Batalhão de Polícia Militar de Telêmaco Borba, entrega licenças ambientais para a Klabin e Copel.Telêmaco Borba, 03/02/2016.
Foto:
Orlando Kissner/ANPr.

O governador Beto Richa esteve nesta quinta-feira (3) em Telêmaco Borba, na região dos Campos Gerais, para assinar o decreto de criação do 26º Batalhão de Polícia Militar (BPM). Na solenidade, o governador também entregou a licença de operação do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) para a fábrica de celulose da Klabin, em Ortigueira, e a licença prévia para as obras da Copel, que implantará linha de transmissão para ampliar a oferta de energia na região. Também foram anunciadas as obras da Sanepar de ampliação do abastecimento de água, um investimento de R$ 4,5 milhões.

O 26º BPM de Telêmaco Borba foi o segundo criado pelo governador nesta quinta-feira. Pela manhã, Richa assinou o decreto de criação do 27º BPM, com sede em União da Vitória. Richa disse que a presença de um Batalhão em Telêmaco Borba era reivindicação antiga da região. “O novo BPM vai atender dez municípios, com população de mais de 200 mil pessoas. A segurança será muito reforçada. O efetivo será mais que triplicado. Hoje são 130 policiais e chegaremos a 390. Além disso, com mais viaturas e equipamentos, haverá condições melhores para os policiais combaterem o crime”, afirmou Richa. O governador disse que o reforço na segurança pública também atende ao novo perfil socioeconômico da região, transformada com o investimento da Klabin.

Além de Telêmaco Borba, o 26º BPM irá atender Ortigueira, Imbaú, Curiúva, Figueira, Sapopema, Reserva, Tibagi, Ventania e Cândido de Abreu. Com a criação do Batalhão, a 3ª Companhia Independente de Polícia Militar, que tinha sede em Telêmaco, será nesta sexta-feira (4) formalmente transferida para Loanda, no Noroeste do Estado.

“Com a criação do Batalhão, aumenta a capacidade operacional da PM na região, o que tem com reflexo na redução de crimes patrimoniais, que são os que mais preocupam atualmente e que exigem prevenção e policiamento ostensivo”, disse o secretário de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Wagner Mesquita.

O comandante-geral do Polícia Militar, coronel Maurício Tortato, disse que se conclui um processo importante, com a inclusão de novos policiais e a elevação da Companhia Independente à condição de Batalhão. “Isso possibilita o reforço, que em breve aumentará a sensação de segurança das famílias que residem aqui.” O comandante do 26º BPM, Dirceu Kosloswski, também participou da solenidade.

Para o prefeito em exercício de Telêmaco Borba, Dã Cortez, a medida é uma conquista. “As câmaras de vereadores e as prefeituras da região se uniram para buscar diálogo com o Governo do Estado. O governador entendeu a nossa necessidade e a criação do Batalhão se concretiza, para um melhor atendimento da população”, disse ele.

PRESENÇAS – Participaram da solenidade o diretor de Gestão Empresarial da Copel, Gilberto Mendes Fernandes; o Chefe da Casa Militar e coordenador da Defesa Civil do Paraná, coronel Adilson Castilho Casitas; o delegado-geral da Polícia Civil, Júlio Reis; o gerente da regional Sudeste da Sanepar, Antonio Carlos Zirard; e o deputado estadual Alexandre Curi.


Licença de operação permite início do funcionamento da nova fábrica da Klabin

A licença ambiental de operação para a fábrica de celulose da Klabin, em Ortigueira, foi entregue pelo governador Beto Richa ao presidente do Conselho de Administração da empresa, Armando Klabin, e ao diretor Jurídico, Joaquim Miró.

O empreendimento é considerado o maior investimento privado da história do Paraná e recebe o apoio do governo estadual, por meio do programa Paraná Competitivo. “A licença ambiental coroa todos os inestimáveis apoios dados pelo Governo do Estado ao projeto Puma”, disse Armando Klabin.

A licença de operação permite o início das atividades do complexo industrial Segundo Joaquim Miró, a fábrica de celulose já começa a entrar em atividade e alcançará 100% da produção nos próximos dias.

Para obtenção da licença do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), a empresa também obteve, junto à diversos órgãos estaduais e federais, mais de 50 autorizações ambientais, licenciamentos, outorgas e anuências para pesquisa, execução do projeto, obras, supressão de vegetação, estradas, compensação ambiental e testes de equipamentos.

O Projeto Puma, como é nominado, recebe investimento de R$ 5,8 bilhões na construção da fábrica. O diretor jurídico da Klabin disse que, considerados os dois anos de construção, o empreendimento chegou a envolver 30 mil pessoas e, atualmente são quase 5 mil empregados. “O apoio do Governo do Paraná foi decisivo, sem isso o projeto não teria condições de ser implementado”, afirmou Miró, que mencionou, também, os investimentos da empresa em Ortigueira e em infraestrutura na região.

Desde agosto do ano passado, a Klabin já tinha junto ao IAP uma autorização para testes de equipamentos, que foram realizados para verificar a funcionalidade, o ajuste fino e identificar problemas dos equipamento que serão usados na produção. Essas operações serviram como base para medidas de controle, monitoramento e treinamento dos funcionários.

O presidente do IAP, Luiz Tarcísio Mossato Pinto, falou sobre a importância de procedimentos ágeis e rápidos para a emissão de licenças ambientais. “Antes, por causa de dificuldades, muitas empresas iam para outros estados. Neste governo, saltamos de 8 mil para 40 mil licenças por ano. Isso significa mais empreendimento produtivo, mais emprego e mais riqueza, como é o caso da Klabin”, afirmou.


Copel recebe licença prévia para nova linha de transmissão no PR

A Copel Geração e Transmissão recebeu a licença ambiental prévia para a reconstrução da linha de transmissão de energia existente entre as subestações Figueira e Ponta Grossa Norte, incluindo um novo ponto de conexão na Usina Termelétrica (UTE) Klacel, localizada junto à fábrica da Klabin Celulose, em Ortigueira.

A linha existente hoje atravessa o Parque Estadual do Guartelá e a Reserva Particular do Patrimônio Natural Itatyba, pois foi construída há mais de 50 anos, antes da instituição dessas unidades de conservação. Com a reconstrução, a Copel irá retirar a rede do interior dessas áreas de preservação ambiental.

O projeto da nova linha deve receber R$ 63 milhões em investimentos. O empreendimento vai permitir o atendimento adequado à nova fábrica da Klabin Celulose e permitir o escoamento da energia excedente gerada na UTE Klacel.

Outro benefício da linha é o reforço da Rede Básica de transmissão de energia, contribuindo para um maior intercâmbio de energia entre as regiões Sul e Sudeste do Brasil e beneficiando o Paraná em época de estiagem. Além disso, haverá melhoria nas condições de fornecimento de energia à região de Ponta Grossa.


Obras de saneamento alcançarão toda a cidade

As obras de ampliação do sistema de abastecimento de Telêmaco Borba, anunciadas pelo governador Beto Richa, somam R$ 4,5 milhões em investimentos e irão beneficiar toda a população do município. Serão ampliados os sistemas de captação, produção, reservação e distribuição de água de Telêmaco Borba, dando condições operacionais ao sistema de acompanhar o desenvolvimento da cidade.

As obras envolvem a construção de um novo reservatório de água tratada, com capacidade para armazenar 500 metros cúbicos, no bairro Campina Alta; a instalação de 2,6 quilômetros de reforços de redes de distribuição, equipamentos de automação e a recuperação estrutural de dois reservatórios já existentes.

Também será construída uma nova estação elevatória de água bruta, além de adutora, melhorias de acesso, sistema de comunicação e infraestrutura.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em: www.pr.gov.br e www.facebook.com/governopr.

Fonte: Instituto Ambiental do Paraná (IAP).




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro
Siga-nos no facebook

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.