04/09/2018 Parna de São Joaquim regulariza mais 957 hectares

Parna de São Joaquim regulariza mais 957 hectares

Área regularizada possui quase dez cachoeiras de grande beleza cênica, entremeadas entre trilhas aptas para a prática do montanhismo.
Foto:
Acervo/ICMBio.

A área possui importância ambiental, de uso público e de pesquisa

 

O Parque Nacional de São Joaquim, localizado em Santa Catarina, regularizou mais 957 hectares da área já delimitada da unidade. O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) adquiriu a Fazenda Caiambora, situada na parte norte da unidade. A área é estratégica para a consolidação da unidade de conservação, pois a localização é central no sentido do morro da igreja e está conectada com outras áreas já desapropriadas, formando um bloco de imóveis já regularizados pelo ICMBio.

A área adquirida possui importância ambiental, de uso público e de pesquisa, enumera o chefe da unidade, Paulo Santi Cardoso da Silva. Segundo ele, área possui matas de araucárias, matinhas nebulares e campos de altitudes úmidos em excelente estado de preservação. Além disso, localiza-se na área das nascentes do rio Pelotas e do rio Urubici, sendo estes importantes corpos d'água na região sul do Brasil. “A área vinha sendo utilizada pela pecuária extensiva, tendo ocorrido desmate para tal finalidade na área. Com a aquisição da propriedade, reduzem-se estas pressões”, ressalta.

O Parque Nacional de São Joaquim contém o atrativo mirante do Morro da Igreja, com vista para a Pedra Furada, sendo um dos parques nacionais mais visitados do Brasil. Lindeira a estrada do Morro da Igreja, a área em questão é estratégica para o visitação no Parque. Possui mirante à Pedra Furada a 800 metros da estrada, com grande potencial para atrair visitantes ao parque nacional de São Joaquim. "Estrategicamente deve figurar como um mirante acessório a Pedra Furada, possibilitando a diversificação da visitação, visto a possibilidade de pequenas trilhas na região", acrescenta Paulo Santi.

A área possui quase dez cachoeiras de grande beleza cênica, entremeadas entre trilhas aptas para a prática do montanhismo, circundando a paisagem da serra catarinense, cada dia mais relevante ao turismo no cenário nacional. O local está inserido no Caminho das Araucárias, abrigando travessia entre o Morro da Igreja e os Campos de Santa Bárbara. “A aquisição da área dará respaldo para a devida sinalização e acesso de milhares de caminhantes para conhecer esta belíssima região”, afirma Paulo Santi.

 

parna saojoaquim MarcusZilli

 

Pesquisa Científica

 

A área vem sendo constantemente estudada, principalmente quanto ao aspecto das matinhas nebulares. Com a aquisição, os estudos terão continuidade e será possível estipular a dinâmica destas formações sem a pecuária extensiva, que era praticada na região. “Devido as diferentes fitofisionomias da área, é estratégica para a pesquisa científica”.


Sobre o Parque

 

O Parque de São Joaquim foi criado em julho de 1961 para proteger remanescentes de matas de araucárias, inserido no bioma da Mata Atlântica. Situado no estado de Santa Catarina, o acesso para a parte alta é pelos municípios de Urubici e Bom Jardim da Serra. Os cartões-postais são a Pedra Furada e o Morro da Igreja. A fauna apresenta mamíferos como pacas (pumas), cachorros-do-mato, bugios e jaquariricas. Entre aves encontram-se gralha-azul, a curiaca (curucaca), o caxinguelê e o scurucuá-de-barriga-vermelha.

Fonte: Comunicação ICMBio.




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro
Siga-nos no facebook

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.