06/02/2018 Science publica artigo com coautoria de pesquisadores do ICMBio

Science publica artigo com coautoria de pesquisadores do ICMBio

Pesquisadores Rogério Cunha de Paula (esquerda) e Ronaldo Morato (direita) analisaram o movimento dos mamíferos. Foto: Adriano Gambarini.

Texto científico com participação de analistas do ICMBio analisa dados de telemetria GPS obtidos de mais 800 indivíduos de 50 espécies de mamíferos, sendo sete da fauna brasileira.

 

Os pesquisadores do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Carnívoros (Cenap) do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) Ronaldo Morato e Rogério Cunha de Paula são coautores de artigo publicados na revista científica Science, edição de 26 de janeiro. O título do artigo é Reduções globais nos movimentos terrestres de mamíferos nas paisagens dominadas pelos seres humanos (tradução livre). Os pesquisadores analisaram dados de telemetria GPS obtidos de mais 800 indivíduos de 50 espécies de mamíferos, sendo sete da fauna brasileira.

De acordo com eles, há cerca de um século, a movimentação dos animais não sofria restrições e seus deslocamentos contribuíam amplamente para diversos processos ecológicos. Como as atividades humanas têm aumentado significativamente, os movimentos naturais dos animais estão sofrendo restrições. “O que observamos é que os movimentos dos animais, como a distância diária percorrida, são menores em áreas com elevada atividade humana, o que significa uma mudança no comportamento de movimentação devido às barreiras físicas impostas. Além de afetar as espécies diretamente, a limitação dos movimentos pode ter implicações mais amplas, haja vista que pode haver redução no transporte de nutrientes, dispersão de sementes e alterar muitos outros processos ecológicos”, defende Ronaldo Morato, coordenador do Cenap.

Como base nestas informações, estratégias de ação podem atuar mais diretamente sobre os fatores de risco, o que reforça a importância da elaboração dos planos de redução de impactos, estratégia inovadora implementada pelo ICMBio. As informações fornecidas no artigo, são resultados de anos de pesquisa conduzidas por diversos pesquisadores brasileiros, inclusive projetos desenvolvidos por analistas do ICMBio.

Os dados usados nas análises foram coletados nos projetos de pesquisa desenvolvidos pelo Cenap no Parque Nacional da Serra da Canastra e na Estação Ecológica de Taiamã. "Estamos gerando conhecimento a partir das nossas áreas protegidas", ressalta Rogério.

Fonte: Comunicação ICMBio.




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro
Siga-nos no facebook

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.