06/08/2013

Cooperação marca abertura da Semana Nacional pela Cidadania e Solidariedade


Alunos do projeto Comunidade Escola se apresentam na abertura da Semana Nacional pela Cidadania e Solidariedade.
Foto: divulgação.

Curitiba - Ato na Praça Osório, no sábado (03), marcou início das atividades que relembram a trajetória do sociólogo Betinho Na manhã deste sábado, 03 de agosto, aconteceu a abertura da Semana Nacional pela Cidadania e Solidariedade que contou com a participação de inúmeras instituições e organizações além da apresentação dos alunos do Programa Comunidade Escola com uma fanfarra, apresentação de ginástica artística e um grupo de axé.

 

 

Realizado na Praça Osório, o ato marcou o início da Semana Nacional pela Cidadania e Solidariedade, uma semana de informação, conscientização e mobilização para o exercício da cidadania por meio da prática da solidariedade. É uma semana de reflexão e ação dentro do processo permanente de mobilização nacional, que teve início em 2004, com a criação do Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade e lembra a luta do sociólogo Betinho (que morreu em 1997) frente ao Movimento Ação da Cidadania contra a Miséria e pela Vida, criado em 1992.

 

 

A agenda da semana tem como proposta a realização de diferentes eventos e atividades e promover um balanço anual junto à sociedade e os governos quanto ao compromisso e ao cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM). De acordo com a coordenadora Nacional de Mobilização e coordenadora do Movimento Nós Podemos Paraná, Maria Aparecida Zago Udenal, o objetivo do evento foi alcançado e o ato mostrou o fortalecimento do movimento. “Nós estamos bem satisfeitos porque as instituições e organizações que fazem parte do Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade Nós Podemos Paraná se comprometeram e estão presentes e percebemos que está tendo uma mobilização e as pessoas estão se interessando pelo tema”, explica Maria.

 

 

Ato de abertura Semana Nacional pela Cidadania e SolidariedadeAlunos do projeto Comunidade Escola se apresentam na abertura da Semana Nacional pela Cidadania e Solidariedade Durante a manhã se apresentaram vários grupos do Projeto Comunidade Escola, uma fanfarra do Centro de Educação Integrada Bela Vista do Paraíso, um grupo de Ginástica Rítmica da Escola Municipal Helena Kolody, e o Grupo Comunidade Axé da Escola Municipal Durival de Britto. De acordo com o coordenador geral do Comunidade Escola, Álvaro Nogueira Olendzki, não teria como educação não tratar dos Objetivos do Milênio uma vez que são de extrema importância e estão inseridos nas salas de aula. “É de extrema importância participarmos, pois temos o alcance e uma participação muito grande da comunidade, somos uma porta aberta para que consigamos atingir esse público”, comenta Olendzki.

 

 

As instituições de ensino superior também marcaram presença no ato. O Centro Universitário Curitiba (UNICURITIBA) levou seus alunos de direito para tirarem dúvidas a respeito da nova lei das empregadas domésticas. De acordo com a representante da instituição, Cintia Rubim de Souza Netto, “a UNICURITIBA trabalha com seus alunos questões como reciclagem, coleta seletiva, brechós universitários. A instituição que fica de fora de um movimento como esse sai perdendo, pois ela tem que dar esse exemplo para os seus alunos e professores”, complementa.

 

 

Para o representante da Fae Centro Universitário, Nilson Perigoni, é de extrema importância que as instituições de ensino participem, pois é uma forma de formar os jovens além das competências técnicas. “É importante que estejamos juntos nesse movimento porque as instituições de ensino trabalham com os jovens que estão se preparando para uma profissão e nós queremos não só formar os jovens, mas também formá-los para serem excelentes cidadãos engajados para a mudança que o país precisa”, completa. Além de divulgar os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, o ato de sábado também vem para mostrar que a união da comunidade e instituições é muito importante para que os objetivos sejam alcançados. De acordo com o representante do Conselho de Segurança do Bairro Água Verde, Paulo Roberto Santos, as ações das instituições se complementam e contribuem de formas diferentes para a melhoria da qualidade de vida. “Nós do Conseg entendemos que segurança não se resume somente a questão de policiais, um conjunto de fatores é que promovem a melhoria na qualidade de vida do cidadão, por isso todos os movimentos nos quais nos possamos estar envolvidos são muito importantes para que consigamos ter mais respeito perante as autoridades e ser mais conhecidos perante a comunidade”, finaliza Santos.

 

 

As ações previstas para a Semana Nacional pela Cidadania e Solidariedade estão disponíveis aqui.

Fonte: Agência FIEP.




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.