06/12/2017 Vizinhos do Parque de Vila Velha são capacitados para Ecoturismo

Vizinhos do Parque de Vila Velha são capacitados para Ecoturismo

Moradores do Jardim Vila Velha, em Ponta Grossa, participam neste mês (5 a 20) de curso de capacitação de condutor de ecoturismo. O curso é promovido pela Associação de Moradores de Vila Velha, Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Paraná Turismo e a Universidade Estadual de Ponta Grossa.
Foto:
divulgação.

Com o curso, os moradores do Jardim Vila Velha poderão atuar como guias no Parque.

 

Moradores do Jardim Vila Velha, em Ponta Grossa, participam neste mês (5 a 20) de curso de capacitação de condutor de ecoturismo. O curso é promovido pela Associação de Moradores de Vila Velha, Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Paraná Turismo e a Universidade Estadual de Ponta Grossa.

 

A iniciativa tem o objetivo de capacitar os moradores para integrá-los às atividades do parque, que, após o curso, poderão auxiliar os guias do Núcleo de Turismo de Ponta Grossa atendendo ao público no local. Entre atividades teóricas e práticas do curso, os moradores irão aprender sobre a importância da conservação do Parque Estadual de Vila Velha, a base do turismo local, como fazer a condução de visitantes e geologia geral do Estado.

 

“Os moradores já atuam como voluntários do Parque de Vila Velha há anos, mas o nosso intuito é dar a oportunidade para que eles possam aprender, se capacitar, atender diretamente o turista e fazer disso uma oportunidade para complementação de renda”, explica o gerente do Parque de Vila Velha, Juarez Baskoski.

 

PARQUE - O Parque Estadual de Vila Velha foi criado em 1953 para preservar as formações de arenito e os campos nativos do Paraná. Tombado como Patrimônio Histórico e Artístico Estadual, tem mais de três mil hectares e diversas atrações, entre elas os Arenitos, Furnas e a Lagoa Dourada.

 

Entre a fauna presente no parque, já foram encontradas muitas espécies endêmicas e ameaçada de extinção, como o lobo-guará, bugio-ruivo, tamanduá-bandeira, jaguatirica e aves como a águia-cinzenta, papagaio-de-peito-roxo, galito, caminheiro-grande e noivinha-de-rabo-preto.

 

SERVIÇO: Dias de visitação: De quarta à segunda -feira, finais de semana e feriados

 

Horário de visitação: das 8h30 às 15h30, com permanência permitida até as 17h30.

 

O Parque fecha ao atingir a capacidade máxima (800 pessoas por dia).

 

Localização: BR-376, km 515 - Jardim Vila Velha, Ponta Grossa – Paraná.

 

Ingressos: R$ 10 para Arenitos e R$ 8 para Lagoa Dourada e Furnas, além do valor do guia que deve ser contratado diretamente.

 

Meia entrada para estudantes brasileiros mediante apresentação de carteirinha, funcionário público, doadores de sangue e moradores de Ponta Grossa com apresentação de comprovante de residência. Menores de 6 anos e acima de 60 não pagam.

Fonte: Instituto Ambiental do Paraná (IAP).




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro
Siga-nos no facebook

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.