09/01/2015 '2015 é um ano de oportunidades para ação global', diz Ban Ki-moon na Assembleia Geral da ONU

'2015 é um ano de oportunidades para ação global', diz Ban Ki-moon na Assembleia Geral da ONU

Secretário-geral a ONU, Ban Ki-moon, durante a reunião. Foto: ONU/Eskinder Debebe.

Ao falar do futuro, o secretário-geral da ONU acredita que o ano de 2015 trará chances significativas para avançar nos três pilares fundamentais da ONU: o desenvolvimento, a paz e os direitos humanos.

 

Em uma reunião informal da Assembleia Geral da ONU no dia 8/1 (quinta-feira), o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, classificou o ano de 2015 como um “ano de oportunidades” para ação global. Ao falar do futuro, ele disse acreditar que este ano trará chances significativas para avançar nos três pilares fundamentais da ONU: o desenvolvimento, a paz e os direitos humanos.

 

Na ocasião, ele apresentou o relatório síntese “O caminho para a dignidade até 2030: acabar com a pobreza, transformar vidas e proteger o planeta”, em que faz um balanço sobre o andamento das negociações para a agenda pós-2015 e as lições deixadas na execução dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) nos últimos anos.

 

“Com este relatório, eu estou oferecendo meu apoio e mais algumas ideias sobre o caminho a seguir”, disse Ban Ki-moon, estimulando os 193 Países-membros a concluir a construção da agenda de desenvolvimento pós-2015, incluindo as metas para o desenvolvimento sustentável.

 

Segundo o secretário-geral, o objetivo da agenda pós-2015 é criar sociedades inclusivas, instituições fortes e promover a prosperidade. Além disso, ele destacou que o sucesso dessa nova agenda depende muito do combate à mudança climática e apelou para que os governos e países desenvolvidos se comprometam com a meta de alcançar 100 bilhões de dólares para o financiamento das ações sobre o clima.

 

Ao falar sobre a paz e a segurança, o secretário-geral disse que é preciso prestar mais atenção ao extremismo e ao crime organizado, mas lembrou que a resposta não pode ficar limitada à ação militar.

 

Por fim, ele ressaltou que este é um ano importante: o aniversário de 70 anos das Nações Unidas, pois a Organização se depara com enormes responsabilidades, mas também com grandes oportunidades. E também lembrou que 2015 marca o início da Década Internacional de Afrodescendentes.

 

“Se o nosso trabalho se desenvolver como deveria até o final deste ano, a ONU será enriquecida com uma nova visão para o desenvolvimento, novas ideias para a manutenção da paz e segurança, a renovação nos direitos humanos e uma ONU mais forte para ajudar a trazer tudo isso para todas as pessoas”, concluiu.

Fonte: ONU Brasil.




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro
Siga-nos no facebook

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.