09/01/2015 Cronograma 2015 do Programa Água Doce

Cronograma 2015 do Programa Água Doce

A meta é implantar ou recuperar 1.200 sistemas este ano.
Foto:
Paulo Araújo/MMA.

Agenda intensa de diagnósticos, obras e oficina de capacitação nos estados conveniados ao programa.

 

Formulado em 2003, de forma participativa, com a contribuição de diversas entidades federais, estaduais, municipais e sociedade civil, o Programa Água Doce (PAD) é uma ação do governo federal, coordenada pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA), para estabelecer uma política pública permanente de acesso à água de qualidade para o consumo humano por meio do aproveitamento sustentável de águas subterrâneas, incorporando cuidados técnicos, ambientais e sociais na gestão de sistemas de dessalinização.

 

Uma rede composta por cerca de 200 instituições atende, prioritariamente, localidades rurais difusas do Semiárido. Dentre os parceiros, destacam-se o BNDES, Petrobras, Fundação Banco do Brasil, Embrapa, Universidade Federal de Campina Grande, Departamento Nacional de Obras Contras as Secas (DNOCS) e CPRM, do Serviço Geológico do Brasil.

 

Em 2011, o PAD passou a integrar o Plano Brasil sem Miséria, em mais um esforço do governo federal para o combate à pobreza extrema e redução das desigualdades sociais, promovendo melhorias na qualidade de vida dos brasileiros por meio da construção de cisternas e demais sistemas coletivos de abastecimento.

 

Já foram diagnosticadas 2857 comunidades em 227 municípios, com implantação de 150 sistemas de dessalinização, beneficiando 93.400 pessoas.

 

A meta para 2015 é a de implantar ou recuperar 1.200 sistemas de dessalinização, investindo cerca de R$ 250 milhões, beneficiando 480 mil pessoas.

 

CRONOGRAMA 2015

 

Até o momento, já foram firmados convênios com Alagoas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.

 

Ainda para o primeiro semestre de 2015, mais duas agendas estão programadas para Minas Gerais.

 

- Em março, em Montes Claros, a Oficina de Capacitação para Realização de Diagnóstico Socioambiental e Técnico do Programa Água Doce no Estado de Minas Gerais, capacitará os profissionais responsáveis pela execução das atividades previstas para a fase de diagnóstico. 
Participarão da oficina representantes de prefeituras do estado, a Coordenadora Estadual do Programa Água Doce, técnicos da Sedru, Copasa, Igam e do Núcleo Estadual, e consultores e técnicos da empresa que realizará o diagnóstico;

 

- Também em março, em local ainda a ser definido, será realizada a primeira Reunião do Programa Água Doce com Secretários de Estado e Coordenadores Estaduais.

Fonte: Marcelo Carota/ Assessoria de Comunicação Social (Ascom/MMA) .




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro
Siga-nos no facebook

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.