09/01/2018 ICMBio estabelece seis metas para um 2018 cheio de natureza

ICMBio estabelece seis metas para um 2018 cheio de natureza

Parque Nacional Cavernas do Peruaçu. Foto: Rui Faquini.

Completando essas metas certamente você terá um feliz ano novo em contato com a natureza

 

Você espera que este seja um ano incrível? Está determinado a realizar as definições de ano novo dessa vez? Inspire-se com essas ideias e trace suas metas para 2018. Se você completar esses seis objetivos, com certeza terá um feliz ano novo em contato com a natureza.

 

Visite pelo menos 5 unidades de conservação

Dizem que para alcançar os objetivos deve-se traçar metas realistas. Se você tem disponibilidade de tempo e dinheiro para viajar durante todo o ano conhecendo as 324 unidades de conservações federais, nós te parabenizamos! Para os demais mortais, tentem visitar pelo menos 5 unidades esse ano. São parques nacionais, reservas extrativistas, florestas nacionais com praias, cachoeiras, cavernas, montanhas e trilhas para se conectar com a natureza. Uma dica para alcançar essa meta é procurar pelos mosaicos, onde você pode visitar várias unidades na mesma viagem. Pesquise também por áreas próximas de onde você mora. Nessa busca provavelmente você descobrirá lugares incríveis que nunca ouviu falar antes ou não sabia que eram áreas protegidas. Veja as unidades abertas à visitação aqui


noronha 01

 

Descubra sua unidade preferida entre as menos conhecidas

 

Muitos parques são conhecidos mundialmente como os Parques Nacionais da Tijuca, Fernando de Noronha e Iguaçu. Eles são incrivelmente lindos, visita-los é realmente uma experiência inesquecível. Mas, porque não incluir na sua lista uma unidade menos explorada, mas que também guarda seus encantos? Faça uma viagem no tempo através da arte rupestre pré-histórica, em sítios arqueológicos milenares no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu em Minas Gerais ou encante-se com as mais de 200 espécies de aves, residentes e migratórias, na Floresta Nacional de São Francisco de Paula no Rio Grande do Sul. Expanda seus horizontes, são muitas as opções.

 

Traga um amigo para uma unidade que ele nunca visitou

 

Conhece alguém que nunca visitou um parque nacional? Faça de 2018 um ano inesquecível para essa pessoa mostrando a ela o patrimônio natural que é de todos nós. Pode ser alguém da família, do trabalho, seu melhor amigo, seu vizinho, o melhor amigo do seu vizinho, o melhor amigo do colega de trabalho do seu vizinho... as possibilidades são infinitas!


Anavilhanas 01

 

Visite uma unidade que pratique o turismo de base comunitária

 

Através do turismo de base comunitária o visitante experimenta uma vivência intercultural. Além de conhecer belas paisagens você poderá aprender sobre os modos de vida das populações tradicionais que vivem em harmonia com a natureza. É uma forma de valorizar a história e cultura dessas comunidades e enriquecer a sua experiência em contato com a natureza. Na Floresta Nacional do Tapajós, no Pará, você pode visitar uma Samaúma gigante, descobrir como é feita a extração do látex da seringueira e comprar os produtos da borracha. Também no Pará, na Reserva Extrativista Marinha de Soure você pode conhecer as belas praias da ilha de Marajó embalado pelo ritmo do carimbó. Você irá aprender muito com essa experiência, as opções de unidades de conservação são muitas. Saiba mais sobre o TBC aqui.


voluntarios

 

Faça um trabalho voluntário

 

Quer se sentir realmente conectado com a natureza? Ofereça algo em troca. Diversas unidades de conservação participam do Programa de Voluntariado do ICMBio você pode contribuir para um meio ambiente mais equilibrado e melhoria na qualidade de vida local doando sua força de trabalho. Seja em um mutirão de limpeza de um dia ou desenvolvendo um projeto de longa duração em diversas ações de conservação da natureza tais como pesquisa, visitação, comunicação, educação ambiental e proteção. Essa é uma experiência incrível. Quem diz isso não somos nós, são nossos voluntários. Veja alguns vídeos e mais informações aqui.

 

Registre o momento

 

Tire pelo menos uma foto do seu momento de conexão com a natureza e publique nas redes sociais com as hashtags #ICMBio #EuSouParceirodaNatureza. Além de inspirar seus amigos a visitar as unidades de conservação a sua foto pode ser compartilhada nos perfis do ICMBio. Você também pode enviar sua foto por aqui.


Lembre-se sempre que a conservação da natureza é o objetivo principal nessas áreas. Seja um turista consciente! Seja parceiro da Natureza! Veja aqui o Guia de Conduta Consciente em Ambientes Naturais.

Fonte: Comunicação ICMBio.




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro
Siga-nos no facebook

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.