09/04/2014

Agricultura catarinense se prepara para combater ataque de lagartas em pastagens

Helicoverpa armigera. Foto: divulgação.

Após alertas de ataques de lagartas em pastagens e lavouras de Santa Catarina, a Epagri vai promover na sexta-feira, dia 11, no salão paroquial da Igreja Matriz São Miguel Arcanjo, em São Miguel do Oeste, a partir das 13h30, um encontro regional para avaliar a situação e discutir as melhores soluções.

 

No Extremo-Oeste e no Sul há incidência das lagartas Spodoptera fugiperda (mais conhecida como lagarta do cartucho) e a Pseudoplusia includens (falsa-medideira). Segundo o secretário da Agricultura e da Pesca, Airton Spies, estas pragas se proliferaram em abundância devido às condições climáticas e disponibilidade de alimentos nos últimos meses terem sido favoráveis. O controle pode ser realizado com uso de defensivos agrícolas registrados, mediante orientação técnica e receituário agronômico para que se evite a contaminação do meio ambiente, do leite, alimentos e para que as lagartas não desenvolvam resistência, completa o secretário.

 

É importante observar o período de carência e a dosagem correta no uso destes defensivos agrícolas. “O uso de inseticidas biológicos e fisiológicos com adição de espalhantes adesivos devem ser preferidos por apresentarem menor risco”, explica o secretário. Spies recomenda ainda que os produtores rurais façam o monitoramento diário das lavouras e pastagens e que procurem a orientação técnica para fazer o controle seguro das lagartas. “Com a chegada de frentes frias e o início do inverno a tendência é de uma redução natural destas pragas”, complementa.

 

Helicoverpa armigera


O secretário Spies salienta ainda que a lagarta Helicoverpa armigera, que causou preocupações na Bahia, Mato Grosso e em outros estados, vem sendo monitorado em Santa Catarina pela Cidasc e que há mais de 200 armadilhas espalhadas pelas lavouras e pastagens, mas que até o momento não foram detectados casos que tragam prejuízos expressivos para a agricultura de Santa Catarina.

Fonte: Ney Bueno/ Sec. de Estado da Agricultura e da Pesca SC.




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro
Siga-nos no facebook

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.