10/08/2015 Editora Expressão premia nesta sexta-feira os principais projetos ambientais do Sul e homenageia 40 anos da Fatma

Editora Expressão premia nesta sexta-feira os principais projetos ambientais do Sul e homenageia 40 anos da Fatma

Troféus Onda Verde, do Prêmio Expressão de Ecologia, criados pela artista plástica Elke Hering. Foto: Felipe Cruz.

Os principais projetos ambientais do Sul do país receberão o Prêmio Expressão de Ecologia nesta sexta-feira, dia 14/8, no Fórum de Gestão Sustentável, na Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina. Esses campeões ecológicos têm os mais variados perfis. Grandes empresas, como a BRF, uma gigante alimentícia global; a Coamo, maior cooperativa da América Latina; Volvo, Zen e Irani combatem pelo meio ambiente, lado a lado com ONGs, prefeituras, aguerridas escolas municipais, universidades. Foram investidos R$ 116 milhões nos 119 projetos inscritos no prêmio de 2015. Todos eles descritos no Guia de Sustentabilidade da Editora Expressão, a maior coletânea de ações ambientais da região Sul, que circulará na próxima semana, mas que pode ser acessada aqui.

 

O mais alto investimento desses projetos foi de R$ 20 milhões.  A Tractebel Energia, maior geradora de energia privada do país, recebeu uma cruel herança ambiental quando adquiriu há cerca de uma década, o Complexo Termelétrico Jorge Lacerda, no sul de Santa Catarina. Uma área vizinha, de 47 hectares, recebeu durante seis décadas milhões de toneladas de resíduos de carvão. O solo e as águas de Capivari de Baixo estavam contaminados. Chuvas ácidas escoavam para os rios, prejudicando agricultura, pesca, consumo humano e animal. A Tractebel transformou o indigesto cenário no Parque Ambiental Tractebel. A vegetação voltou, a acidez da água está sendo neutralizada. Porém, o principal é que o Parque, com lago, ciclovias, auditório, concha acústica, museu e outras instalações proporciona lazer aos habitantes de 20 municípios próximos. Em um ano recebeu 180 mil visitantes e ofereceu quase 100 eventos, como shows, cursos, oficinas e seminários.

 

O Fórum também comemorará os 40 anos da Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina - Fatma. Para criar a Fatma, em 1975, Santa Catarina convocou um botânico de fama mundial, nascido em Antônio Carlos, de família germânica com tradição sacerdotal. Padre Raulino Reitz, que amava as plantas com vocação religiosa, era também uma espécie de “Indiana Jones” botânico. Ele viajou mais de um milhão de quilômetros de avião, a pé, de charrete, de jipe, de barco, de trem, de navio, de moto, de bicicleta, em inacreditáveis 953 excursões botânicas. Todos seus números são assombrosos. O Herbário Barbosa Rodrigues, que fundou em Itajaí, abriga 50 mil plantas, mais de três centenas delas até então desconhecidas da ciência. O lendário padre é o campeão mundial da coleta de plantas. Ele vasculhou Santa Catarina, município por município e elaborou para o estado a maior enciclopédia botânica do país. Seus estudos sobre as bromélias ajudaram a erradicar a malária da Região Sul. As façanhas ambientais desse herói da ecologia catarinense lhe valeram a conquista do troféu de Personalidade Ambiental do Prêmio de Expressão de Ecologia.

 

Uma das heranças do padre Reitz foram os tesouros ambientais, os grandes parques e reservas que ele criou. Seus sonhos visionários ocupam atualmente espaços verdes no mapa de Santa Catarina. O parque da Serra do Tabuleiro, disparado o maior de todos, é maior área de preservação ambiental da Mata Atlântica em Santa Catarina. É uma espécie de Disneylândia Ambiental, com pumas, onças, jacarés, gralhas azuis, siriemas, milhares de borboletas e uma das maiores biodiversidades botânicas do planeta. Um show de flora e fauna, mas pouco frequentado pelos catarinenses.

 

Vários grupos empresariais dinâmicos, que comandam a mais importante revolução industrial do século 21, também serão premiados. Eles fazem pesquisas, estudos, e rigorosos monitoramentos para evitar desperdícios de água, energia, lenha. Reúsam a mesma água para várias atividades. Reciclam e reaproveitam resíduos que atulhariam aterros. Diminuem a quantidade de produtos químicos usados. Inovam sua maneira de produzir baseados nas leis da sustentabilidade. Apoiam posturas ambientais nas cadeias de fornecedores. Zen, Irani, Termotécnica e BRF são alguns dos cases exemplares apresentados no Guia de Sustentabilidade.

 

Mesmo sem ter o porte desses gigantes, a Escola Municipal do Meio Ambiente de São José (SC) conseguiu em cinco anos uma façanha de cidadania espetacular com seu Projeto Verdeperto. Os habitantes dos loteamentos no entorno do Parque Ambiental dos Sabiás viviam em condições  lamentáveis, cercados de depósitos de resíduos, sem espaços para educação, cultura e lazer. Um cenário de terror, sem abastecimento de água, que era feito em córregos suspeitos. A escola mobilizou pais, alunos, prefeitura e comunidade e trouxe saneamento básico, construiu calçadas, plantou árvores. Palestras conscientizam lideranças comunitárias, levantam problemas socioambientais e e a história da região. Um resgate de cidadania que poderia se multiplicar por várias escolas do Brasil.

 

Cases de ONGs e prefeituras preocupadas com a questão do Bem-Estar Animal também serão premiados. Se você é brasileiro e não tem um cachorro, com certeza o seu vizinho tem.  Mais da metade dos domicílios da região Sul - líder do ranking nacional - tem ao menos um cão. Com isso o Brasil tem a segunda maior superpopulação de cães e gatos do mundo, cerca de 74 milhões de pets. O mercado pet é fabuloso, fatura 15 bilhões de reais a cada ano e só perde para o norte-americano. Porém, cerca de outros 30 milhões de cães e gatos abandonados perambulam pelas ruas, doentes, passando fome, sofrendo crueldades, espalhando doenças e proliferando com enorme velocidade. Feiras de adoção já pipocam em todo país e a ação de algumas ONGs busca amenizar esse drama.

 

As pessoas interessadas em conhecer esses cases e pessoas, podem se inscrever gratuitamente no Fórum, através do site da Editora Expressão.

Fonte: Zuba Coutinho/Editora Expressão.




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro
Siga-nos no facebook

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.