10/10/2015 3,1% das espécies de sapos já foram extintas

3,1% das espécies de sapos já foram extintas

Um sapo "stuttering barred" é fotografado na exposição "World of Frogs", no Zoológico de Melbourne, na Austrália. Foto: divulgação.

Desde os anos 70, a população de sapos se encontra em declínio. Novo estudo publicado em "Proceedings of the National Academy of Sciences" anuncia que pelo menos 3,1% das espécies de sapos foram extintas, e que outros 6,9% podem desaparecer no próximo século.

 

John Alroy, biólogo da Universidade Macquarie, na Austrália, e autor do estudo, computou as probabilidades de extinção de espécies de sapos do mundo inteiro ao criar um modelo estatístico baseado na frequência de avistamento e na última data de avistamento.

 

Os sapos correm risco por causa de uma série de fatores, incluindo epidemias provocadas por patógenos como o fungo B. dendrobatidis, desflorestamento, espécies invasoras e mudança climática.

Fonte: UOL Notícias.




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro
Siga-nos no facebook

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.