12/07/2016 Pesquisa e monitoramento das baleias francas no litoral catarinense

Pesquisa e monitoramento das baleias francas no litoral catarinense

Vídeo: Pesquisa e Monitoramento das Baleias Francas

Vídeo sobre o projeto ambiental vencedor do 23º Prêmio Expressão de Ecologia na categoria Conservação da Vida Silvestre desenvolvido pelo Porto de Imbituba em parceria com a ONG Projeto Baleia Franca. O audiovisual produzido pela Editora Expressão narra as ações de preservação das baleias em SC e será exibido durante o Fórum de Gestão Sustentável 2016, no dia 26/8, na FIESC.

Localizado no Litoral Sul catarinense, a cerca de 90 km de Florianópolis, e conectado à Rodovia BR-101, o Porto de Imbituba é fundamental para o escoamento de cargas da região sul.  A modernização de gestão e uma série de investimentos em infraestrutura ampliaram sua capacidade operacional e o tornaram o porto mais profundo do Sul do Brasil, o que se reflete em um aumento na movimentação de cargas de 70% nos últimos três anos.

 

A preocupação com o aumento do tráfego de navios na região deu origem ao projeto que conquistou o Prêmio Expressão de Ecologia. Com intuito de preservação da baleia franca, espécie migratória que utiliza a costa catarinense para acasalar, procriar e amamentar seus filhotes, o Porto firmou uma parceria com o Projeto Baleia Franca, ONG que trabalha com a preservação dessa espécie há mais de 30 anos.

 

O programa é realizado entre julho e novembro, quando o litoral de Imbituba recebe dezenas de animais dessa espécie. O monitoramento é realizado através de pontos fixos e monitoramento aéreo, através de sobrevoos, com o objetivo de verificar a ocorrência e a distribuição dos grupos de baleias avistados. Também é realizada a fotoidentificação dos indivíduos adultos, sendo posteriormente catalogados.

 

Durante o monitoramento terrestre em 2015, foram registradas 416 avistagens de baleias, totalizando 781 indivíduos, sendo 360 pares de fêmea com filhote. No mesmo período foram realizados três sobrevoos, onde foram registrados 116 indivíduos, sendo 57 pares de fêmea e filhote. A maioria das avistagens foi concentrada no Litoral Sul do estado de Santa Catarina, mas os monitoramentos abrangeram até a divisa com o Rio Grande do Sul, incluindo o litoral da Ilha de Florianópolis.

 

As observações visam não só avaliar e minimizar o risco de colisão e ruídos sonoros com embarcações, mas ampliar o conhecimento sobre as baleias nessa região para preservação da espécie. Apesar de figurar na lista dos animais que correm risco de extinção, segundo o Ministério do Meio Ambiente, a população de baleias têm registrado um aumento de cerca 12% ao ano, fruto de programas de pesquisa, preservação e monitoramento contínuo da espécie. Devido a alta frequência de baleias na região, o projeto mostra como é possível dar continuidade à operação e expansão portuária de forma responsável e sustentável.

 

Veja também: vídeo produzido em parceria com a Editora Expressão destaca gestão ambiental da Aurora

Fonte: Editora Expressão.




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro
Siga-nos no facebook

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.