13/01/2014

Cataratas, bolo e boa música nos 75 anos do Parque Nacional do Iguaçu

O presidente do ICMBio, Roberto Vizentin esteve nas comemorações no Parque Nacional do Iguaçu.
Foto:
Christian Rizzi /Cataratas do Iguaçu S.A

O Parque Nacional do Iguaçu comemorou 75 anos, e a natureza brindou os participantes da festa com um cenário inspirador, na sexta-feira, 10 de janeiro. As Cataratas do Iguaçu foram o cenário de fundo da solenidade montada no primeiro mirante do atrativo, que contou com bolo, música e interessantes informações. Para brindar a cerimônia, o dia foi de sol e com vazão média d'água de dois milhões de litros por segundo nas quedas.


A biodiversidade e o modelo de gestão da unidade entusiasmaram os cerca de 200 participantes do aniversário e balizaram as mensagens da maioria das autoridades presentes. Para eles, o Parque Nacional do Iguaçu possui um modelo de gestão singular e que deve ser visto com atenção por outras unidades de conservação do Brasil.


De acordo com Roberto Vizentin, presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), o dia era de comemoração. "Foz do Iguaçu é o nosso cartão-postal de parques nacionais. Para nós, o Parque Nacional do Iguaçu é um modelo de gestão para outras unidades de conservação do Brasil. A unidade antecipou várias coisas que hoje outros parques estão começando a seguir", avaliou.


O anfitrião da festa, Jorge Pegoraro, chefe do Parque Nacional do Iguaçu, destacou os desafios diários e as responsabilidades de quem está à frente da unidade. "Estou aqui desde 2003, quando recebi a missão de ajudar esta beleza natural e colaborar no desenvolvimento do turismo no local. Ainda temos muito pra fazer e sei que, com a união das entidades, organizações e comunidade, vamos continuar crescendo, com respeito ao meio ambiente."


Turismo
A potencialidade e a vocação natural do Brasil para o turismo foram defendidas por Mário Mantovani, presidente da SOS Mata Atlântica. Para ele, o país ainda tem um turismo muito tímido. "Perdemos para países que têm o tamanho menor que o Paraná", disse. O ambientalista citou o caso da Costa Rica, que recebe por ano 20 milhões de visitantes. "Os turistas querem saber de natureza. Aqui temos tudo isso, e com um bom modelo de gestão. O Parque Nacional do Iguaçu tem capacidade para receber mais visitantes", analisou.


Segundo Sérgio Bikauskas, chefe do Parque Nacional do Iguazú (lado argentino), é preciso preservar e trabalhar unido. "Este remanescente da floresta atlântica do Sul do Brasil e do Norte da Argentina precisa ser mantido. Não podemos, de forma alguma, trabalharmos separadamente; precisamos estar em conjunto para preservarmos esta beleza", sugeriu.


Já o presidente do Fundo Iguaçu e superintendente de Comunicação Social da Itaipu Binacional, Gilmar Piolla, enfatizou o desejo de fortalecer ainda mais o Destino Iguaçu. "Vamos fazer tudo o que for possível para preservar o Parque Nacional do Iguaçu. Queremos que este parque continue sendo um modelo para brasileiros e estrangeiros."


Para Celso Vitrio Florêncio, diretor-administrativo da Concessionária Cataratas do Iguaçu S.A., a empresa está sempre buscando formas para qualificar cada vez mais o atendimento aos turistas no Parque Nacional do Iguaçu. "Queremos oferecer ao visitante, sempre, conforto e segurança para que ele possa admirar e visitar tranquilamente esta Maravilha da Natureza", destacou.


Histórico

O Parque Nacional do Iguaçu foi criado em 10 de janeiro de 1939. A unidade abriga o maior remanescente de floresta atlântica da Região Sul do Brasil. O zelo pelo meio ambiente e a sua riquíssima diversidade biológica colocaram o parque como a primeira unidade de conservação do Brasil a ser instituída como Sítio do Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO, em 1986.


O parque é administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), órgão federal responsável pela gestão das unidades de conservação do Brasil. Desde o ano de 2000, a unidade conta com o apoio na visitação turística da Concessionária Cataratas do Iguaçu S.A., empresa que visa à ampliação do número de visitantes, proporcionando melhor qualidade no aspecto ambiental, no conforto e na segurança dos turistas.

Fonte: Wemerson Augusto / Cataratas do Iguaçu




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro
Siga-nos no facebook

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.