13/02/2014

“É necessário vencer o preconceito para termos construções mais sustentáveis”, afirma coordenador da comissão Casa Inteligente

A Comissão Casa Inteligente passa a ter coordenadorias Cultural, Técnica e Política. Foto: Mauro Frasson

A Comissão Casa Inteligente, da Federação das Indústrias do Paraná, terá novas frentes de atuação a partir de 2014, com a criação de coordenadorias Cultural, Técnica e Política. Formada em 2009 para pesquisar técnicas de construção civil mais sustentáveis, a comissão deve agora trabalhar pela consolidação e desdobramento de avanços conquistados em 2013, como a liberação do Documento Técnico de Avaliação (Datec), do Ministério das Cidades que facilita a concessão de crédito por parte de agentes financiadores públicos.

 

A proposta da comissão é conseguir avanços na utilização em larga escala da tecnologia Wood Frame. Os integrantes do grupo, formado por industriais da construção civil e do setor madeireiro, entendem que é necessário divulgar mais a tecnologia que tem como base a madeira.

 

“Há um equívoco cultural no Brasil de que as casas que utilizam madeira em sua estrutura não são tão seguras. Queremos mostrar que o nível de isolamento de uma parede de Wood Frame chega a ser 2 vezes superior ao de uma parede de alvenaria convencional”, explica Euclésio Finatti, coordenador da Comissão. “É uma questão cultural. Precisamos vencer o preconceito para termos construções mais sustentáveis no Brasil”, avaliou.

 

Além disso, os integrantes da comissão querem apoio político para facilitar a regulamentação da tecnologia para uso em larga escala. Nesta nova fase da comissão, o objetivo dos integrantes será abrir novos caminhos para que o Wood Frame seja popularizado em todo o país. O assessor da presidência da Fiep, João Barreto Lopes, elogiou os avanços da comissão, que foi formada após uma viagem a Stuttgart, para conhecer uma vila construída com woodframe. “A Alemanha queria vender sua tecnologia, seu maquinário, e o setor madeireiro do Brasil precisava ganhar mercado. Os 16 empresários e 4 técnicos que participaram da missão rapidamente se organizaram e criaram a comissão, com metas e tarefas. Tenho certeza que nesta nova fase os resultados serão ainda muito mais abrangentes e produtivos”, disse.

 

O grupo deve voltar a se encontrar no final de fevereiro, para discutir as próximas ações.

Fonte: Agência de Notícias do Sistema FIEP




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro
Siga-nos no facebook

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.