13/04/2017 Vilã alemã gera 500% mais energia do que precisa

Vilã alemã gera 500% mais energia do que precisa

Hoje vila lucra com a venda de energia excedente. Foto: Richard Mayer/cc.

Imagine um lugar que gera tanta energia renovável que produz além das necessidades do bairro e até obtém lucro ao vender o excedente. Imaginou? Pois esse lugar existe e está na Alemanha. No últimos 18 anos, a vila Wildpoldsried (Bavária) investiu tanto em alternativas sustentáveis de energia que a realidade agora é essa.

 

A revolução energética teve início em 1999, quando o conselho da cidade firmou um documento onde traçava metas para investir em energia renovável, construções ecológicas, proteção de recursos hídricos e eliminação ecológica de águas residuais.

 


Foto: Flodur63/cc

 

Com somente 2600 habitantes, a região hoje possui energia fotovoltaica, cinco instalações de biogás, 11 turbinas eólicas e ainda um sistema hidrelétrico. A vila ainda possui sistemas de aquecimento de biomassa e geotérmicos.

 

A iniciativa da vila reflete uma política governamental do país, que dá os incentivos necessários para a redução de custos, a dependência dos combustíveis fósseis e da energia nuclear.

 

 


Foto: Richard Mayer/cc

 


Foto: Richard Mayer/cc

Fonte: CicloVivo.




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro
Siga-nos no facebook

Warning: include(../../rodape.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /var/www/html/expressao.com.br/web/noticias/materias/13-04-17-vila-alema-gera-500-mais-energia-do-que-precisa.php on line 150

Warning: include(../../rodape.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /var/www/html/expressao.com.br/web/noticias/materias/13-04-17-vila-alema-gera-500-mais-energia-do-que-precisa.php on line 150

Warning: include() [function.include]: Failed opening '../../rodape.php' for inclusion (include_path='.:/usr/share/pear') in /var/www/html/expressao.com.br/web/noticias/materias/13-04-17-vila-alema-gera-500-mais-energia-do-que-precisa.php on line 150