18/09/2013

Pelo menos 250 milhões de crianças não sabem ler, escrever ou contar em todo o mundo, alerta UNESCO

Estudantes de escola primária na República Democrática do Congo levantam as mãos para responder perguntas.
Foto:
Banco Mundial/Dominic Chavez

Apesar das matrículas no ensino primário terem aumentado consideravelmente nos últimos 15 anos, os níveis reais de aprendizagem permanecem baixos em muitos países, informou na terça-feira (17/9) a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

 

No mundo, pelo menos 250 milhões de crianças em idade escolar não são capazes de ler, escrever ou contar bem o suficiente para atender aos padrões mínimos de aprendizagem. Esses dados incluem meninos e meninas que passaram pelo menos quatro anos na escola, afirma um novo relatório da Comissão Especial sobre Métricas de Aprendizado [do inglês 'Learning Metrics Task Force'], da qual a UNESCO é membro.

 

Para ajudar a ONU a atingir os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) e desenvolver uma agenda pós-2015, a Comissão desenvolveu uma série de recomendações baseadas nas informações obtidas de 1.700 pessoas de 118 países. Elas utilizam ambas as avaliações de aprendizagem já existentes e novas medidas para melhorar as oportunidades e resultados das crianças.

 

De acordo com o relatório “Em Direção a uma Aprendizagem Universal: Recomendações da Comissão Especial sobre Métricas de Aprendizado”, os sistemas de ensino devem oferecer oportunidades para que crianças e jovens dominem as competências de sete categorias da aprendizagem: bem-estar físico, social e emocional, cultura e artes, alfabetização e comunicação, abordagens e cognição, matemática e ciência e tecnologia.

 

O relatório pediu que todas as pessoas envolvidas com a educação nos países estimulem a universalidade da educação primária e promovam mudanças no modo de aprendizado.

Fonte: ONU Brasil




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.