19/09/2013

Defesa Civil de SC alerta para risco de alagamentos e entrega kits para municípios da região de Itajaí

Deve chover uma média de 100 a 200 mm em todas as regiões de Santa Catarina nos próximos dias.
Foto:  James Tavares/Secom

O município de Itajaí recebeu nesta quinta-feira (19/09) o Seminário Regional de Defesa Civil com o tema: “Prevenção para um Futuro Melhor”. O evento contou com a presença de prefeitos de dez municípios da região da AMFRI (Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí) e de quartoze representantes de cidades da região da Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí. O encontro foi marcado pela entrega o kit básico de Defesa Civil para estruturar as Defesas Civis municipais.

 

Cada kit é composto por 18 equipamentos básicos: um computador, um estabilizador, uma impressora, um televisor, uma câmera fotográfica, um GPS, duas trenas, cinco capas de chuvas e cinco pranchetas. Estes poderão ser usados para os trabalhos de identificação e mapeamento das áreas de risco. Segundo o secretário Milton Hobus, a ação faz parte do Pacto pela Defesa Civil e para ele isso deve mudar a perspectiva do cidadão catarinense que já sofreu com grandes catástrofes. “Será uma nova realidade da Defesa Civil. Estar presente em todos os locais trabalhando a prevenção cria uma sensação de autoproteção nas pessoas”, destaca.

 

A Secretaria de Defesa Civil do Estado pretende distribuir até o fim do ano os kits básicos para todas as 295 cidades catarinenses, incentivando as Coordenadorias Municipais de Proteção e Defesa Civil a funcionarem efetivamente de forma estruturada e preparada.

 

Até agora, 214 prefeituras de dezesseis associações de municípios já participaram dos trabalhos de capacitação e estruturação das defesas civis municipais com os seminários. Entre os temas abordados, os procedimentos jurídicos e administrativos, a gestão de risco e a gestão de desastres. No total serão 12 seminários promovidos pela Secretaria de Estado da Defesa Civil e a Federação dos Municípios Catarinenses (Fecam) e as Associações de Municípios. O último acontece nesta sexta-feira (20/09) em Joinville, no auditório da Associação dos Municípios a partir das 8h.

 

Defesa Civil de SC alerta para risco de alagamentos, inundações e deslizamentos nos próximos dias

 

Defesa Civil de Santa Catarina alerta para a chegada de uma frente fria nesta sexta-feira, 20/9, que causará fortes chuvas no Estado até domingo, 22/9. A previsão é de que em apenas três dias chova um volume maior que o esperado para o mês inteiro, com risco de alagamentos, inundações e deslizamentos. Deve chover uma média de 100 a 200 mm em todas as regiões. No Oeste, Sul e Norte há possibilidade de até 300 mm em alguns pontos. Na segunda-feira, 23/9, a chuva deve diminuir.

 

Na sexta-feira (20/9), a chuva é bem distribuída e a média prevista é de 40 a 60 mm em todas as regiões. No sábado, o volume aumenta para 80 a 140 mm do Oeste ao Litoral Sul e permanece entre 30 a 60 mm da Grande Florianópolis à região Norte. No domingo, a previsão é de chuva intensa, com média de 80 a 140 mm para todo o estado.

 

A população que mora em regiões costeiras deve estar atenta. A previsão meteorológica para a variação do volume das marés não é favorável ao escoamento da água. Há risco de alagamentos no período de maré alta, durante madrugadas e tardes de sexta e sábado. E, no período de maré baixa, entre domingo e segunda-feira, o vento sul poderá continuar dificultando a redução do nível da água.

 

As defesas civis e órgãos estaduais das regiões Oeste, Litoral Sul e Planalto Sul, onde há maior confirmação de risco de alagamentos, já foram mobilizadas pela Defesa Civil estadual e estão preparadas para atender a população. “A equipe da Defesa Civil estadual está em estado de alerta e concentrada na previsão do tempo em todo o estado”, explica o diretor de Prevenção e Preparação da Defesa Civil, Fabiano de Souza.

 

O volume de chuva esperado para setembro na região Oeste, por exemplo, é de 210 mm. No Litoral, esse valor varia 110 e 150 mm. Caso a previsão se confirme, até esta segunda-feira, terá chovido mais que o previsto para todo o mês.

 

Orientações
Em caso de inundações e alagamentos, a Defesa Civil orienta a população a evitar o contato com a água e transitar em lugares alagados e pontes submersas. É importante tomar cuidado com crianças próximas de rios e ribeirões.

 

Em tempestades com descargas elétricas e vento, deve-se permanecer em local seguro e não transitar em locais abertos, próximo a árvores, placas publicitárias ou objetos que possam ser arremessados. É aconselhável que as pessoas se protejam em lugares com boas coberturas, ao exemplo dos banheiros das residências, fechar janelas e portas, e não manusear nenhum equipamento elétrico ou telefone devido aos raios e relâmpagos.

 

Quanto a possíveis deslizamentos de terra, deve ser observado qualquer movimento de terra ou rochas próximas a suas residências, inclinação de postes e árvores e rachaduras em muros ou paredes. Neste caso, é recomendável que a família saia de casa e acione a Defesa Civil municipal ou o Corpo de Bombeiros.

 

Qualquer problema deve ser comunicado à coordenadoria municipal de Defesa Civil, através do telefone de emergência 199 ou para o Corpo de Bombeiros, no número 193. A Defesa Civil do Estado conta com atendimento de 24 horas, com equipes de prontidão. O telefone para contato é o (48) 3664-7000.

Fonte: Pamela Marin e Patrícia Krieger / Governo de Santa Catarina




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.