20/11/2014 Portaria do MMA cria comitê interno de juventude

Portaria do MMA cria comitê interno de juventude

Jovens discutiram a agenda ambiental. Foto: divulgação.

Objetivo é engajar os jovens no debate de políticas públicas ambientais.

 

O Ministério do Meio Ambiente (MMA) instituiu o Comitê Interno de Juventude, por meio da portaria nº 412, publicada no Diário Oficial da União (DOU) do dia 19/11 (quarta-feira). A proposta do comitê é subsidiar as políticas públicas ambientais relacionadas aos direitos da juventude à sustentabilidade e ao meio ambiente.

 

O comitê tem como competências formular, executar e monitorar ações de juventude e meio ambiente; subsidiar órgãos e comitês gestores ligados ao tema; articular e integrar as agendas de juventude, além de estabelecer o diálogo permanente com organizações públicas e privadas para promover a efetividade das ações relacionadas aos jovens e o meio ambiente.

 

Participam do comitê, além de representantes das secretarias do MMA, representantes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), do Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade, do Serviço Florestal Brasileiro (SBF), da Agência Nacional de Águas (ANA) e do Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro. A coordenação do comitê será da feita pelo departamento de Cidadania e Responsabilidade Socioambiental do MMA.

 

DIREITO À SUSTENTABILIDADE

 

A coordenadora da juventude do MMA, Marccella Berte, destaca que o comitê é um espaço dentro do Ministério que permitirá integrar ainda mais a agenda da juventude e meio ambiente, avançar na transversalidade do tema na agenda ambiental e fortalecer a política pública de juventude e meio ambiente.

 

Marccella Berte, que participou da oficina de construção do Plano Nacional de Juventude realizada em Manaus, no dia 19/11, cujo debate foi centrado no direito da juventude à sustentabilidade e ao meio ambiente, afirma que a juventude brasileira vem ampliando sua participação ao longo dos anos na formulação de políticas públicas voltadas ao público jovem e a dimensão ambiental é uma delas. “Por isso o Ministério deve estar preparado para esse diálogo”, reforça.

 

A oficina realizada nesta semana faz parte de uma série que vem acontecendo pelo país. Estiveram presentes diversos movimentos e organizações de juventude que discutem o tema ambiental direta ou indiretamente. O objetivo é dialogar com jovens da sociedade civil para construir o texto base do Plano, que será tema da III Conferência Nacional de Juventude, prevista para acontecer em 2015.

 

A proposta é estabelecer metas para que os governos federal, estadual e municipal cumpram a política juvenil em um período de dez anos, conforme prevê o Plano Nacional de Juventude. Trata-se de um projeto de lei (Nº. 4530/04), que determina um conjunto de políticas públicas e medidas que beneficiam os jovens brasileiros entre 15 e 29 anos.

 

* Com informações da Secretaria Nacional da Juventude

 

Confira a portaria completa no DOU

 

Fonte: Tinna Oliveira/ Ministério do Meio Ambiente.




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro
Siga-nos no facebook

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.