21/11/2016 Paraná vai investir R$ 3 milhões no embarque e travessia para a Ilha do Mel

Paraná vai investir R$ 3 milhões no embarque e travessia para a Ilha do Mel

Regulamentação Aquaviária do Paraná - O Governo do Paraná e as prefeituras de Paranaguá e Pontal do Paraná assinaram nesta segunda-feira (21) o convênio para a regulamentação dos terminais de embarque e o transporte de passageiros para a Ilha Mel. Foto: Henrick Loyola Porzycki.

O Governo do Paraná e as prefeituras de Paranaguá e Pontal do Paraná assinaram nesta segunda-feira (21) o convênio para a regulamentação dos terminais de embarque e o transporte de passageiros para a Ilha Mel. Nos próximos três anos, o governo estadual vai investir cerca de R$ 3 milhões em melhorias na infraestrutura dos terminais de embarque. A assinatura do documento aconteceu na sede da Secretaria de Infraestrutura e Logística, em Curitiba.

As primeiras obras de reformas e sinalização devem ser iniciadas nas próximas semanas, melhorando os serviços prestados à população que irá aproveitar as férias no Litoral durante a temporada de verão. Estão previstos investimentos nos trapiches de Pontal do Paraná e também de Brasília e Encantadas, na Ilha do Mel.

“A regulamentação foi resultado de um trabalho em conjunto entre as entidades representativas do governo estadual e as prefeituras. O intuito dessa regulamentação é trazer mais segurança para os usuários que utilizam esse serviço de transporte e também para as empresas que atuam na região”, destaca o secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho.

TRANSPORTES – Outra medida que vai beneficiar os visitantes será a regulamentação das empresas que prestam os serviços de travessia. Com a assinatura do convênio, o Governo do Paraná criará um cadastro para listar as empresas autorizadas e que atendam todos os requisitos legais para a atividade.

“A legalização permite que as empresas possam planejar melhor os seus negócios e isso interfere diretamente na qualidade dos serviços. Além disso, a partir de agora as prefeituras terão um controle maior sobre a arrecadação, podendo reverter esses recursos em investimentos no turismo da região”, afirma o secretário do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Antonio Carlos Bonetti.

As empresas serão cadastradas em duas modalidades - embarcações para transporte de grande números de passageiros e táxis náuticos; embarcações de menor porte e com número reduzido de passageiros. A regulamentação de todos os prestadores de serviços deve ser concluída em seis meses.

PREFEITURAS - A partir da assinatura do convênio, as prefeituras de Paranaguá e Pontal do Paraná assumem a responsabilidade de organizar e fiscalizar todo o esquema operacional da travessia, estabelecendo horários fixos para a entrada e a saída de embarcações.

Também serão de responsabilidade das administrações municipais investir recursos na implantação de postos de informações nos terminais e na modernização do sistema de venda de bilhetes de passagem, garantido o controle do número de visitantes e acesso à Ilha do Mel.

PRIMEIROS SERVIÇOS – o trabalho feito em parceria com as prefeituras de Paranaguá e Pontal do Paraná já trouxe resultados imediatos para a próxima temporada de verão. O Governo do Paraná está investindo R$ 350 mil na reforma do trapiche de Brasília, recursos viabilizados pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP).

Já a Prefeitura de Pontal do Paraná executa os primeiros serviços de melhorias na infraestrutura local. São investimentos na pavimentação de uma das vias de acesso e a instalação de placas de sinalização turística na PR-412 e, também, nas proximidades do terminal de embarque.

PLANO HIDROVIÁRIO – A regulamentação do transporte aquaviário no Litoral paranaense é resultado da elaboração do Plano Hidroviário - “Levantamento das Potencialidades das Hidrovias do Estado do Paraná”, elaborado pela Secretaria Infraestrutura e Logística, juntamente com a Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária (Fapeu).

Entre as principais diretrizes do documento, está a regulamentação das empresas de navegação que operam em travessias intermunicipais de passageiros do Litoral, assim como das demais 49 travessias intermunicipais por balsa em operação no Paraná.

Assinaram o convênio o secretário da Infraestrutura e Logística, José Richa Filho; o diretor-presidente do Instituto Ambiental do Paraná, Luiz Tarcisio Mossato Pinto; o prefeito de Paranaguá, Edison de Oliveira Kersten; o prefeito de Pontal do Paraná, Edgar Rossi, o secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Antonio Carlos Bonetti, e o diretor-presidente da Paraná Turismo, Jacó Gimennes.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em: http://www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br

Fonte: Instituto Ambiental do Paraná (IAP).




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro
Siga-nos no facebook

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.