22/01/2018 Conheça as cavernas esculpidas do Parque Estadual de Campinhos, no Paraná

Conheça as cavernas esculpidas do Parque Estadual de Campinhos, no Paraná

Unidade de Conservação fica na Região Metropolitana de Curitiba e atrai visitantes que gostam de se aventurar em meio a cavernas e trilhas.
Foto:
Arnaldo Alves / AENPR.

Imaginação e lanterna são indispensáveis para quem visita o Parque Estadual de Campinhos, em Tunas do Paraná, a 63 quilômetros de Curitiba. A Unidade de Conservação criada para proteger remanescente da Floresta Ombrófila Mista (Floresta com Araucária) e, principalmente, o patrimônio espeleológico do Paraná, em 1960, abriga em suas cavernas muitas maravilhas esculpidas pela natureza há milhares de anos.

 

O uso de lanternas e de capacetes é obrigatório para as visitas guiadas pelos funcionários do parque e do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), que ocorre em uma trilha pré-determinada no interior da caverna.

 

A Gruta dos Jesuítas, com sua beleza cênica, é o principal atrativo da unidade com cerca de 1,4 mil metros, sendo considerada atualmente a quinta maior caverna do Estado. O trajeto percorrido pelo visitante é de 550 metros em plena escuridão, parte acompanhada pelo rio que corre dentro da gruta.

 

Com uma boa dose de imaginação, além dos tradicionais espeleotemas como estalactites, estalagmites, colunas, travertinos e canudos, é possível ver nas formações minerais que estão dentro da caverna imagens como macaco, jacaré, bolo, confeiteiro, sorvete, anjo e outras, que vão sendo apresentadas aos visitantes pelos guias.

 

Para quem gosta de caminhar, o parque também possui a Trilha da Floresta, onde o visitante pode caminhar por 900 metros em meio à mata nativa. No trajeto é possível observar uma floresta com Araucárias, que além do Pinheiro-do-Paraná abriga exemplares de Imbuia, Cedro e a Erva-mate.

 

Além do atendimento aos visitantes, o local tem o objetivo de proteger as grutas do Conjunto Jesuítas e Fada, promover educação ambiental e pesquisas científicas. O parque conta com uma infraestrutura de apoio ao uso público, composto de um centro de visitantes, sanitários, mesas para piqueniques e quiosques para educação ambiental.

 

É recomendado aos visitantes usar tênis ou botas com solado antiderrapante, lanternas para auxiliar na iluminação dentro da gruta, levar lanches e água, pois no local não há venda de alimentos ou bebidas.

 

Grupos acima de 15 visitantes deverão agendar a visita com 20 dias de antecedência, pelo telefone (41)3659-1428.

 

SERVIÇO - Parque Estadual de Campinhos – PEC. Localização: BR 476 - Km 63, entre Tunas do Paraná e Cerro Azul.

 

Horário de funcionamento: de terça a sexta-feira, das 9h às 17h, sendo a última entrada na caverna às 14h30.

 

Grupos acima de 15 visitantes deverão agendar a visita com 20 dias de antecedência, pelo telefone (41)3659-1428.

Fonte: Instituto Ambiental do Paraná (IAP).




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro
Siga-nos no facebook

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.