23/03/2018 Google usa celulares velhos para monitorar desmatamento da Amazônia

Google usa celulares velhos para monitorar desmatamento da Amazônia

Foto: CicloVivo.

Sistema é capaz de enviar alertas por meio de celulares descartados colocados no topo das árvores

 

O TensorFlow, uma plataforma de código de aberto de aprendizado de máquina do Google, está ajudando a comunidade Tembé e a ONG Rainforest Connection a protegerem a Amazônia.

 

Em 2014, o Chefe Naldo Tembé convidou Topher White e sua fundação Rainforest Connection para irem à comunidade explorar formas de usar a tecnologia para evitar o desmatamento ilegal que acontece há 80 anos. Juntos, eles criaram esse sistema capaz de enviar alertas por meio de celulares descartados colocados no topo das árvores.

 

Com um pequeno painel solar e a tecnologia de aprendizado de máquina da API do TensorFlow, os telefones escutam os sons da floresta e identificam motosserras e caminhões madeireiros e alertam as autoridades apropriadas.

 

Sobre TensorFlow

 

TensorFlow é uma biblioteca de código aberto. Inicialmente, foi desenvolvida por pesquisadores e engenheiros que trabalhavam com pesquisa no time do Google Brain com o propósito de conduzir pesquisas em machine learning e deep neutral network, mas o sistema consegue ser aplicado em uma variedade de outros domínios.

 

Há pesquisadores e instituições ao redor do mundo usando TensorFlow para salvar animais marinhos, diagnosticar e prever doenças, reduzir o tempo de diagnósticos (essa é uma empresa brasileira), encontrar novos planetas ou permitir que músicos criem seus próprios sons.

 

Fonte: Redação CicloVivo.




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro
Siga-nos no facebook

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.