24/09/2013

Corpo de Bombeiros de SC reforça ações de ajuda humanitária em áreas atingidas pela chuva

Bombeiros atuando no município de Taió.
Foto:
 CBMSC/Divulgação

Caminhões-tanque do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) começam a atuar nesta quarta-feira (24/09) em apoio às comunidades afetadas pela chuva dos últimos dias no Alto Vale e Vale do Itajaí. Viaturas e Bombeiros Militares de regiões menos atingidas foram deslocados para a região com o intuito de apoiar o restabelecimento do fornecimento de água e auxiliar na limpeza de edificações públicas (hospitais, postos de saúde, escolas, creches, etc).

 

“Com a trégua da chuva e a diminuição gradual dos riscos de ocorrências que ofereçam risco à vida das pessoas atingidas pela alta dos rios, nosso intuito agora é auxiliar o restabelecimento dos serviços básicos nos municípios afetados e proporcionar melhores condições àqueles que precisam retomar sua rotina”, disse o Subcomandante-Geral e comandante da Força-Tarefa do CBMSC, Coronel BM Gladimir Murer.
Pelo menos quatro viaturas com capacidade média de armazenamento de 10 mil litros de água foram deslocadas para a região de Rio do Sul – a mais atingida pelos estragos provocados pela chuva.

 

Força-Tarefa
As equipes especialmente equipadas e treinadas para atuação em situações extremas, que compõem a Força-Tarefa do CBMSC, seguem em reforço às guarnições dos quartéis da região pelos próximos dias. Pelo menos 60 bombeiros da FT percorrem áreas isoladas e prestam auxílio às comunidades em locais de difícil acesso nos municípios do Alto Vale. Bombeiros das Forças-Tarefas de Lages, Curitibanos, Chapecó, Florianópolis, Canoinhas e Balneário Camboriú - além da aeronave Arcanjo 01 - foram mobilizados desde sexta-feira (20/09).

 

Ajuda humanitária
Com a estabilização dos níveis dos rios nos municípios afetados, o trabalho das equipes de Bombeiros Militares e Comunitários deve ser focada, ao longo do dia, na ajuda humanitária (transporte de desalojados/desabrigados, mantimentos, medicamentos e apoios diversos aos demais órgãos de socorro envolvidos).

 

Durante a madrugada desta quarta-feira (25/9) não houve o registro de emergências relacionadas com os estragos da chuva no Alto Vale. O destaque ficou por conta de ações de apoio prestadas em Taió, onde a barragem segue acima da capacidade e continua a verter água.

 

Na cidade, às 3 horas da madrugada, as equipes foram acionadas para fazer o transporte de pessoas que necessitam fazer tratamento de hemodiálise em Rio do Sul. Com o uso de embarcações, as duas vítimas foram resgatadas e levadas até a rodovia, onde puderam seguir para o tratamento médico.

 

Também durante a madrugada foi solicidado apoio para a um funcionário da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan). Os bombeiros tiveram que auxiliá-lo a chegar até a estação de tratamento para que durante o dia fosse possível restabelecer totalmente o fornecimento de água para o município.

 

Alerta continua
Mesmo com a diminuição da chuva, o solo segue saturado de água e com risco de deslizamentos ou escorregamentos. Confira os indícios da possibilidade deste tipo de ocorrência:

- Rachaduras nas paredes e pisos das casas
- Trincas no solo, principalmente na parte superior dos taludes/barrancos
- Blocos ou lascas de rocha soltos e instáveis
- Água minando na base do talude/barranco
- Árvores ou postes inclinados
- Muros de arrimo com “barrigas” ou trincados
- Afundamentos e deformações no leito da rua
- Desprendimento e queda de solo/rocha em taludes
Em caso da verificação desses indícios, comunique a Defesa Civil pelo 199 ou acione o Corpo de Bombeiros Militar pelo telefone 193

Fonte: Soldado BM Felipe Rosa/Centro de Comunicação Social




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.