26/04/2016 Brasil apresenta critérios para monitorar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Brasil apresenta critérios para monitorar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Foto: divulgação.

Ações ambientais aliadas a medidas sociais estão entre as prioridades para o país alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

 

O Brasil terá como prioridade o combate à pobreza para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). O secretário executivo do Ministério do Meio Ambiente (MMA), Carlos Klink, afirmou nesta terça-feira (26/04), em Brasília, que o país buscará a integração de medidas de conservação, sociais e econômicas. O anúncio ocorreu em reunião sobre o tema promovida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Veja fotos aqui

 

O encontro teve o objetivo de analisar o papel brasileiro e da Organização das Nações Unidas (ONU) na construção dos indicadores de monitoramento dos ODS, considerados os eixos centrais da Agenda 2030, em vigor desde o início do ano. “A redução da pobreza é o primeiro objetivo e, dentro disso, vamos buscar a aproximação com políticas públicas estruturantes nessa área”, afirmou o secretário executivo do MMA.

 

INDICADORES

 

Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) são acompanhados de 169 metas e 231 indicadores de dimensões técnicas para avaliação do processo. Pioneiro no processo, o Brasil vai presidir, pelos próximos dois anos, o grupo de peritos de 24 países que participam da definição desses indicadores. “É preciso trabalhar ações ambientais ao lado das questões de pobreza e de subsistência da população”, destacou o chefe da Coordenação-Geral de Desenvolvimento Sustentável do Ministério das Relações Exteriores, Mário Mottin.

 

O engajamento global com a sustentabilidade pode ser visto em ações como o Acordo de Paris, assinado, no dia 22 de abril, por 165 países comprometidos com o estabelecimento de uma economia de baixo carbono. “O compromisso da comunidade internacional com a redução das emissões de gases de efeito estufa é uma sinalização clara de que o mundo está atuando de maneira sinérgica rumo ao desenvolvimento sustentável”, avaliou Klink.

 

SAIBA MAIS

 

Processo iniciado em 2013, como legado da Conferência Rio+20, os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) deverão orientar as políticas nacionais e as atividades de cooperação internacional pelos próximos 15 anos. Após dois anos de negociação em que o Brasil desempenhou papel protagonista, os ODS foram definidos em setembro de 2015 em reunião das Nações Unidas. Entre os temas abordados, estão erradicação da pobreza, saúde, energia, água e saneamento, padrões sustentáveis de produção e de consumo, mudança do clima e cidades sustentáveis.

 

Carlos Klink (segundo à esquerda): integração de medidas de conservação, sociais e econômicas.


Foto: Jorge Cardoso/MMA - Edição: Alethea Muniz
Assessoria de Comunicação Social (Ascom/MMA): 61.2028-1221

Fonte: Lucas Tolentino / Ministério do Meio Ambiente.




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro
Siga-nos no facebook

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.