26/11/2014 Prédios da Eletrosul recebem o Selo Procel

Prédios da Eletrosul recebem o Selo Procel

O edifício-sede da Eletrosul, quando foi construído na década de 1970.
Foto:
Hermínio Nunes/Divulgação Eletrosul.

A sede administrativa da Eletrosul, em Florianópolis, e o setor de manutenção da empresa, em Campos Novos, ambos em Santa Catarina, serão os primeiros prédios do País a receber o Selo Procel Edificações, criado para reconhecer soluções de eficiência energética de construções comerciais e residenciais. A certificação será oficialmente lançada pela Eletrobras – gestora do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica –, no dia 26/11 (quarta-feira), no Rio de Janeiro, em cerimônia que comemora os 20 anos do Selo Procel. Outras sete iniciativas, que ainda estão em fase de projeto, também receberão o selo.


A Eletrosul foi escolhida para ser homenageada no lançamento do Selo Procel Edificações pelo seu pioneirismo na adoção de alternativas arquitetônicas e tecnológicas de eficiência energética e de uso racional da água em suas instalações. “É um importante reconhecimento pelo compromisso que temos, como empresa pública e de energia, com a sustentabilidade e o consumo consciente desses recursos. A partir de iniciativas como essa, queremos também disseminar esses conceitos”, declarou o presidente da Eletrosul, Eurides Mescolotto.


História
O edifício-sede da Eletrosul, quando foi construído na década de 1970, já atendia às técnicas de eco-eficiência quanto à proteção térmica e iluminação, que contribuem para a redução do consumo de energia elétrica. Entre 2005 e 2007, os sistemas de climatização e iluminação foram modernizados com a instalação de luminárias de alto brilho e reatores eletrônicos em todas as áreas. Para racionalização do uso da água, os banheiros foram equipados com torneiras e mictórios com sensores e sistemas de descarga seletiva. No ano passado, recebeu etiquetas nível A para projeto e prédio construído do Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), que é coordenado pela Eletrobras e pelo Inmetro.


As novas instalações do setor de manutenção de Campos Novos, no Meio-Oeste catarinense, inauguradas em abril de 2013, foram pensadas dentro dos critérios de construção sustentável, prevendo recursos para melhor aproveitamento da luz natural, isolação térmica e uso racional da água. Foi priorizado, por exemplo, o uso de luminárias e aparelhos de ar condicionado eficientes, janelas com vidros duplos e telhas especiais. Foi construída, ainda, uma “Torre Sustentável” – onde ficam os reservatórios de água potável, de água da chuva (10.000 litros) e de água quente (aquecimento solar). Nos telhados, a parte voltada para a orientação norte, tem uma inclinação propícia para o melhor aproveitamento dos raios solares ao longo do ano, visando à geração fotovoltaica. O prédio de Campos Novos também obteve a etiqueta de nível A em eficiência energética, do PBE, na fase de projeto e de prédio construído.


A referência para esse novo projeto foi a Casa Eficiente, construída em 2004 pela Eletrosul, ao lado do edifício-sede como laboratório de tecnologias de conservação de energia. A residência foi a primeira do Brasil a conquistar a classificação em eficiência energética, recebendo três etiquetas nível A nas etapas de Projeto, Simulação e Edifício Construído.
A Eletrosul vem ampliando a aplicação de soluções de eficiência energética em suas instalações. Os prédios do Centro Regional de Manutenção Livramento e o Centro de Visitantes do Complexo Eólico Cerro Chato, que estão em construção no Rio Grande do Sul, também prevêem tecnologias sustentáveis.

Fonte: Economia SC.




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro
Siga-nos no facebook

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.