27/01/2014

Equipe técnica da Fatma vistoria fábrica da BMW na Alemanha

Comitiva se reuniu com autoridades ambientais do Estado da Baviera, na Alemanha. Foto: divulgação

Vistoria vai complementar estudo ambiental sobre impactos da fábrica em Santa Catarina.


Os técnicos da Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina (Fatma) responsáveis pelo licenciamento da fábrica da BMW em Araquari, região Norte de Santa Catarina vistoriaram nesta semana as duas fábricas da montadora na Alemanha, em Leipzig e Munique, para conhecer o modelo de operação das fábricas, bem como a forma de descarte de materiais nocivos ao meio ambiente. A equipe foi liderada pelo presidente da Fundação.

A vistoria faz parte do estudo ambiental para autorização do funcionamento da BMW em Santa Catarina. Os técnicos avaliaram, por exemplo, como é feita a tintura do veículo, que tipo de produtos são utilizados e como são descartadas as sobras. Esse tipo de vistoria facilita a adaptação do modelo para a legislação brasileira, fazendo com que os técnicos tenham parâmetros já em funcionamento para entender como vai funcionar a fabricação de veículos em Araquari.

No primeiro cronograma de vistorias, os técnicos puderam conhecer a fábrica da BMW em Leipzig, uma das mais modernas fábricas da montadora e que seguirá modelo parecido com a brasileira. Lá, puderam acompanhar passo-a-passo a fabricação de um veículo modelo clássico e modelo elétrico.

Na segunda parte do cronograma, a comitiva da Fatma vistoriou a fábrica de Munique, onde fica instalada a sede da montadora. Além da vistoria nas fábricas, a comitiva da Fatma também esteve reunida com as autoridades ambientais da Baviera, estado onde fica a cidade de Munique. Durante o encontro, puderam trocar informações sobre o licenciamento feito em Munique e os principais impactos ambientais que causam esse tipo de atividade na região.

Por fim, o grupo conheceu, também na Alemanha, a sede de reciclagem da montadora, aonde são reaproveitados matérias das fábricas da BMW. Com as informações colhidas na viagem, a equipe técnica utilizará o relatório como base para acrescentar condicionantes ambientais e até mesmo sociais na autorização de funcionamento da fábrica em Araquari.

Fonte: Assessoria de Informação / FATMA




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro
Siga-nos no facebook

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.