29/04/2014

Extremo Oeste de SC oferece capacitação para jovens de casas de acolhimento

Astor Kist, o prefeito João Carlos Valar, o juiz de direito Juliano Serpa (do Fórum de SMO e coordenador local da AMC) e o desembargador Sérgio Heil.
Foto:
divulgação.

A Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), a Associação Catarinense dos Magistrados e o Tribunal de Justiça de Santa Catarina, assinaram, nesta terça-feira (29), em São Miguel do Oeste, o termo de adesão regional ao Programa Novos Caminhos. Esta foi a quarta região do Estado que aderiu à iniciativa, cujo objetivo é promover a capacitação de adolescentes de 14 a 18 anos que estão em casas de acolhimento do Estado.

O coordenador da Infância e da Juventude do Tribunal de Justiça de SC, desembargador Sérgio Izidoro Heil, afirmou que o projeto atende crianças órfãs, abandonadas pelos pais ou que sofreram maus tratos na família e foram acolhidas pelo Estado. "Quando completam 18, elas têm que ser desligadas e entregues à própria sorte. Com esse projeto queremos capacitá-las para que possam ter uma vida digna, uma família, um emprego", disse.

Heil informou que em Santa Catarina são 1.536 crianças e adolescentes acolhidos, dos quais 769 meninas e 767 meninos. Desse universo, 471 têm 14 anos ou mais e, assim, podem ser atendidos pelo programa Novos Caminhos. Nas comarcas do Extremo Oeste existem 30 adolescentes acolhidos com idade de 14 a 18 anos.

"Se não tiverem um preparo específico, esses jovens terão mais dificuldades para se virar e serem vencedores nesse novo mundo que se vislumbra quando completam 18 anos e têm que sair da casa de acolhimento", afirmou o vice-presidente da FIESC para o Extremo Oeste, Astor Kist. "A importância desse projeto é que ele pretende ajudar esses jovens a irem para a sociedade com alguma perspectiva de oportunidade e de inclusão", acrescentou.

O projeto Novos Caminhos integra o Movimento a Indústria pela Educação, lançado em 2012 para estimular o setor industrial a promover o acesso ao ensino com a ampliação da oferta de serviços educacionais. Neste ano, o projeto Novos Caminhos também será implantado em Joinville, Blumenau, Lages, Itajaí, Florianópolis, Jaraguá do Sul e Criciúma.

A primeira fase consiste na capacitação em temas como comportamento, pró-atividade, ética no trabalho e liderança, ministrados pelo IEL. Depois os jovens são encaminhados para cursos de qualificação profissional do SENAI e, se for necessário, para a educação de jovens e adultos, do SESI. O projeto experimental foi realizado no segundo semestre de 2012, em Chapecó, onde 13 jovens realizaram a capacitação da primeira fase.

Fonte: Ivonei Fazzioni/ Assessoria de Imprensa da FIESC.




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro
Siga-nos no facebook

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.