29/04/2015 Brasil e Coreia assinam acordo de cooperação em gestão ambiental

Brasil e Coreia assinam acordo de cooperação em gestão ambiental

Brasil e Coreia:acordo bilateral. Foto: Kim Tae Hoon/Divulgação

A assinatura do Memorando de Entendimento foi executada durante a visita da Presidente Coreana Park Geun-hye ao Brasil. Uma das ações é a chamada pública para seleção de consórcio intermunicipal que atue na gestão de resíduos sólidos.

 

Os ministérios do Meio Ambiente do Brasil e da Coreia do Sul firmaram acordo de cooperação bilateral, para buscar soluções compartilhadas de conservação e de gestão ambiental. Uma das ações é a chamada pública para seleção de consórcio intermunicipal que atue na gestão de resíduos sólidos, para sediar projeto na região sob sua jurisdição. O prazo para participar encerra-se em 13/05. O documento de bilateralidade foi instituído durante a visita da presidente Coreana, Park Geun-hye, ao Brasil, neste mês.

 

A assinatura do Memorando de Entendimento prevê intercâmbio sobre o desenvolvimento de políticas, de sistemas e de tecnologias ambientais, além da possibilidade de criação de projetos nas áreas de conservação da biodiversidade, mudança do clima, monitoramento, controle da poluição atmosférica, gestão da qualidade da água, saneamento básico, resíduos sólidos e aproveitamento energético.

 

Além do Brasil, a presidente Park Geun-hye esteve na Colômbia, no Peru e no Chile, com o objetivo estabelecer parcerias,  afinar o diálogo com  líderes  da América do Sul e fortalecer o crescimento econômico desses países com o Pacífico.

 

COREIA DO SUL É REFERÊNCIA

O  Brasil  reconhece  a  Coreia  do  Sul  como  uma  liderança  internacional  em  temas  ambientais. O país asiático sediou diversas reuniões multilaterais e encontros ministeriais nos últimos anos. Entre 13 a 17 de abril, ocorreu o VII  Fórum Mundial  da  Água  em Gyeongj. Na ocasião, a Coreia transmitiu ao Brasil a missão de preparar o VIII Fórum Mundial da Água, em 2018, em Brasília.

 

Outro destaque sul-coreano, refere-se ao distrito de Songdo, em Incheon, que foi escolhido como sede do Green Climate Fund (GCF) – o Fundo Climático das Nações Unidas, que possui orçamento previsto em R$ 100  mil  milhões  de  dólares/ano,  valor que  deverá  ser  disponibilizado  por estados-membros da ONU.   

 

CONSULTA PÚBLICA

O consórcio intermunicipal foi um dos temas do seminário sobre o Plano Geral para o Aperfeiçoamento da Gestão de Resíduos, na última sexta-feira (24/04), em Brasília. No encontro, foram discutidas as respectivas políticas nacionais de resíduos sólidos do Brasil e da Coreia do Sul, além de estratégias para a execução de projeto de cooperação técnica, que será implementado em consórcio de municípios, definido mediante consulta pública.

Fonte: Assessoria de Comunicação (Ascom/MMA).




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro
Siga-nos no facebook

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.