HISTÓRICO DE NOTÍCIAS

29/08/2017 Afinal de contas, o mundo está preocupado com a mudança do clima?

Afinal de contas, o mundo está preocupado com a mudança do clima?

Foto: William Bossen – Unsplash.

Quais são as iniciativas nesta temática e por que ela é tão importante

 

Os resultados das mudanças climáticas serão sentidos por todos. Somente a cidade de Santos terá um prejuízo na ordem de 1,5 bilhões de reais devido ao aumento do nível do mar. Cada setor da sociedade deve exercer diferentes papeis para reverter esta realidade. Para as empresas, a emissão de baixo carbono é um caminho possível, além de ser uma vantagem competitiva, em especial pelo uso de energias alternativas e/ou produção da própria energia.

 

Mas, em tempos de Trump saindo do Acordo de Paris, faz-se plausível o questionamento: o mundo está realmente preocupado com o nosso futuro? Adianta investir em ações de adaptação e mitigação às mudanças climáticas? Sim. Há inúmeras iniciativas, em diversos grupos da sociedade que apontam um movimento nacional e internacional de preocupação em relação ao tema.

 

Falando sobre o cenário internacional, o próprio Acordo de Paris foi tido como uma grande vitória para frear o aquecimento global. A saída dos Estados Unidos foi vista com maus olhos, mas não deve articular uma saída em massa de outros países. É importante que acordos globais sejam celebrados já que as consequências da mudança do clima transpassam as barreiras físicas, além do esforço coletivo.

 

O cenário brasileiro também conta com iniciativas tanto públicas, quando do setor privado e da sociedade civil para propor articulações, encontrar e colocar em prática soluções efetivas para as consequências da mudança do clima sob a ótica da especificidade do território brasileiro.

 

Em 2015, o Brasil assumiu a meta de reduzir em 37% suas emissões até 2025, como contribuição ao Acordo de Paris, acordado entre 195 países participantes da Convenção do Clima, que se comprometeram coletivamente a limitar o aumento da temperatura global. Além disso, o governo federal criou o Fórum Brasileiro de Mudança do Clima (FBMC) que tem realizado importante trabalho de articulação entre diversos atores para pensar em estratégias de implementação dos compromissos assumidos no Acordo de Paris.

 

O Ethos acompanha o fórum através da IEC – Iniciativa Empresarial em Clima que atua na temática específica de indústria e ajuda a pensar em estratégias de promoção de aumento no uso de energias renováveis e atividades de eficiência energética. Para as empresas, é interessante acompanhar a evolução da implementação dessas metas, pois elas definem objetivos quantitativos para a participação das energias renováveis na matriz energética, redução do desmatamento ilegal na Amazônia e aumento da eficiência no setor elétrico, dentre outras metas estipuladas.

 

A precificação do carbono é um caminho para reduzir a emissão de gases poluentes na atmosfera e é um nicho ainda pouco explorado no Brasil. O Ethos, por meio da IEC, também tem acompanhado a iniciativa conhecida como PMR – Partnership for Market Readiness, que tem como principal objetivo ajudar o governo federal a elaborar uma estratégia de precificação de carbono, o que inclui exercícios sobre como políticas de precificação (mercado de carbono, impostos) poderiam funcionar no contexto nacional. Estima-se que até 2020 o país já terá suas políticas de precificação definidas e prontas para serem implementadas.

 

Em relação à adaptação para as mudanças climáticas, o Brasil tem o Plano Nacional de Adaptação (PNA), que o Ethos acompanha a implementação e, em parceria com a FGV, elaborou o primeiro relatório de monitoramento do plano. As empresas com práticas de sucesso na temática de adaptação climática foram convidadas a compartilhar suas práticas.

 

A mudança do clima avança sob todos os aspectos da economia e somente uma articulação forte e duradoura entre os diversos setores da economia podem fazer diferença frente a este cenário. O Ethos tem orgulho de desenvolver projetos nesta área e estar junto com instituições comprometidas com esta temática e que estão em busca de um desenvolvimento mais sustentável para todos.

 

Para saber mais sobre os projetos do Instituto Ethos em clima, clique aqui.

Fonte: Bianca Cesário, do Instituto Ethos.




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro
Siga-nos no facebook

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.