30/07/2013

Tupy convida 2,3 mil trabalhadores a retomar os estudos

Parque industrial da Tupy em Joinville (SC)
Foto: divulgação.

A Tupy, maior indústria de fundição da América Latina, com sede em Joinville, abre as portas para que mobilizadores educacionais do Sistema FIESC intensifiquem a oferta de cursos de ensino fundamental e médio para trabalhadores sem a formação básica completa. A ação ocorre de 29 de julho a 2 de agosto e será conduzida por profissionais do SESI, entidade do Sistema FIESC. Cerca de 2,3 mil colaboradores serão impactados pela mobilização.

Além disso, os mobilizadores vão intensificar a divulgação da campanha "O conhecimento move a sua vida", lançada este ano para alavancar as matrículas na educação de jovens e adultos. Uma fanpage na rede de relacionamentos Facebook relata as experiências em sala de aula. "Professores e alunos participam desse círculo que promove interação entre estes atores e a sociedade", comenta a gerente de Educação do SESI, Maria Tereza Cobra.

A Tupy, que é signatária do Movimento A Indústria pela Educação, já oferece aula a 900 pessoas, incluindo trabalhadores de outras indústrias da região. São oito salas de aula, dois laboratórios digitais e uma sala multiuso. "Sabemos que a educação melhora não apenas o desempenho profissional, mas significativamente o crescimento pessoal, além de ser uma ferramenta importante para o exercício da cidadania", afirma Clodoaldo Hoffmann, gerente corporativo de Recursos Humanos. "Por isso, a empresa busca oferecer todas as condições ao seu alcance para que os funcionários que ainda não concluíram o ensino fundamental e médio deem esse importante passo em suas vidas", complementa.

Segundo Elizete Fávero, da área de educação do SESI de Joinville, a oferta de cursos na empresa será ampliada. "Além da educação básica, a Tupy oferece também cursos da educação continuada, da série formação pessoal e profissional, para os alunos dos cursos de aprendizagem industrial do SENAI contratados como aprendizes da empresa", afirma. 

O Movimento A Indústria pela Educação, iniciativa liderada pelo Sistema FIESC, está ancorado na necessidade de contribuir para superar a fragilidade da educação nos aspectos relacionados à escolaridade, à qualificação profissional e à qualificação do ensino. As indústrias podem contribuir, por exemplo, oferecendo infraestrutura necessária para a realização de formação dentro da empresa, promovendo o acesso a cursos de educação básica e profissional e premiando os trabalhadores que continuam seus estudos, entre outras ações. 

Fonte: Elida Hack Ruivo / Assessoria de Imprensa do Sistema FIESC




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.