31/08/2018 Gestão sustentável dos recursos naturais melhora competitividade da indústria

Gestão sustentável dos recursos naturais melhora competitividade da indústria

Cerimônia foi realizada na tarde desta sexta-feira (31), em Florianópolis. Foto: Filipe Scotti.

Na entrega do Prêmio Expressão de Ecologia, presidente da FIESC salientou que a entidade apoia as boas práticas do setor por meio do seu Plano de Sustentabilidade

 

Na entrega do Prêmio Expressão de Ecologia, o presidente da FIESC, Mario Cezar de Aguiar, disse que a adoção de sistemas eficientes de gestão socioambiental que possibilitem o uso sustentável dos recursos naturais e a responsabilidade social resultam em melhor desempenho e competitividade global da indústria. “Por isso, o Plano de Sustentabilidade para a Competitividade da Indústria Catarinense, implantado pela Federação em 2012, desenvolve ações com o objetivo de disseminar e apoiar práticas socioambientais da indústria”, afirmou. A cerimônia foi realizada na tarde desta sexta-feira (31), em Florianópolis, pela Editora Expressão com o apoio da FIESC.


Em seu discurso, Aguiar lembrou que Santa Catarina é referência no quesito ambiental e tem se destacado no Prêmio Expressão de Ecologia. “No ano passado, por exemplo, dentre as 23 empresas e entidades da região Sul reconhecidas, 19 são catarinenses. Neste ano não é diferente. Das 29 agraciadas, 22 são catarinenses”, disse.


Foram premiadas as empresas: Celesc, Copercampos, Grupo Malwee, Whirlpool, Hospital Terezinha Gaio Basso, Costão do Santinho, Ciser, Unisinos, Escola Visconde de Taunay, RPPN Catarinense, Volvo, Epagri, Embrapa Florestas, Grendene, AMA, Cervejaria Lohn, Rio Deserto, Rio Vivo, Zen, Apremavi/Klabin/TNC/Sebrae, Ecosul, Organização Bem-Animal (OBA), Cristalma Papa, IMA, Engie Brasil Energia, Ecopef, Cecrisa, Klabin, Porto de Imbituba, Tupy e Portobello. Clique aqui e saiba mais.

Durante a solenidade também foi lançado o livro A Herança Alemã de Santa Catarina: empreendedorismo, ciência e visão de futuro, obra que relata os principais fatos relacionados à vinda de alemães para o estado e o desenvolvimento de núcleos habitacionais que deram origem a algumas das principais cidades catarinenses, a exemplo de Joinville, Blumenau, Jaraguá do Sul, Brusque e São Bento do Sul. A publicação também presta homenagem a imigrantes ou descendentes de alemães que dedicaram a vida à ciência e ao estudo da natureza. São eles: Fritz Müller, Fritz Plaumann, Padre Raulino Reitz e Padre João Alfredo Rohr.

Fonte: FIESC.




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro
Siga-nos no facebook

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.