10/11/2017 ODS Think Tank irá pensar o alcance do desenvolvimento Sustentável em SC

ODS Think Tank irá pensar o alcance do desenvolvimento Sustentável em SC

 

Um grupo de estudos, debates e pautas estratégicas será formado por especialistas, influenciadores e estudiosos de temas como erradicação da pobreza, cidades sustentáveis, energias renováveis, entre outros. Como ponto de partida para a discussão e debate no Think Tank, a FECAM irá apresentar uma série de indicadores relacionados aos 17 ODS.

 

Para discutir e pensar em como Santa Catarina irá alcançar os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável até 2030, o Movimento ODS Nós Podemos SC lança nesta terça-feira, 14 de novembro, o ODS Think Tank. Na ocasião, a Federação Catarinense de Municípios (FECAM) irá apresentar um diagnóstico Marco Zero dos Indicadores dos ODS no Estado. O evento de lançamento será realizado no auditório da ENGIE Brasil Energia, das 8h30 às 11h30.

 

O objetivo em formar um ODS Think Tank é fortalecer uma rede estratégica de pessoas e instituições capazes de influenciar políticas públicas, articular e pensar soluções para o alcance dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável em Santa Catarina até 2030.

 

“Será um grupo de estudos, debates e pautas estratégicas, formado por especialistas em suas áreas, influenciadores e estudiosos no tema.Trata-se de um grupo voluntário, apartidário, com formação seletiva. Isto é, são pessoas estratégicas que têm o poder de interlocução para influenciar políticas públicas”, explica Clarissa Iser, diretora da PROJETA Planejamento e Marketing e Coordenadora de Projetos e Recursos do Movimento ODS Nós Podemos SC.

 

Diagnóstico dos ODS em SC

 

Apresentar um diagnóstico da situação atual de indicadores referentes aos ODS é o processo inicial para definir os indicadores e metas mais relevantes para o monitoramento dos ODS nos municípios catarinenses. Como ponto de partida para a discussão e debate no Think Tank, a FECAM irá apresentar uma série de indicadores definidos e acompanhados pelas instituições governamentais e não governamentais que compõem a Rede SIDEMS  (Rede Cola borativa do Sistema de Indicadores de Desenvolvimento Municipal Sustentável).

 

Dentre os indicadores disponibilizados, como exemplo, destaca-se o indicador “Domicílios em Situação de Pobreza”, que está alinhado ao ODS 1 – Erradicação da pobreza, considerado ponto básico para as pessoas terem uma vida com o mínimo de dignidade. Esse indicador apresenta, com base no Censo Demográfico 2010, que 23,14% dos domicílios do Estado de Santa Catarina possuem renda média mensal per capita igual ou menor de R$ 140,00 mensais.

 

Em outra dimensão, o índice de “Acesso e Permanência Escolar” que agrega valores dos indicadores referentes ao atendimento e ao abandono escolar no ensino fundamental e médio, apresenta o índice de 0,732, considerado o nível médio de desenvolvimento. “Esses indicadores possuem potencial para contribuir com o acompanhamento do ODS 4 – Qualidade da Educação, que visa assegurar a educação inclusiva e equitativa e de qualidade , e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos”, explica Alison Fiuza, Economista e Coordenador de Planejamento Estratégico FECAM.

  

“Definir um Marco Zero para o monitoramento dos ODS a partir de indicadores será importante para apresentar a situação atual de Santa Catarina em relação aos ODS, além de instituir um ponto de partida para estabelecer critérios e metas factíveis com a realidade local no alcance desses objetivos”, avalia Fiuza.

  

Como vai funcionar

 

A proposta é que o grupo tenha encontros bimestrais com duração de duas horas, conduzidos por representantes da Coordenação Estadual do Movimento. O ponto de partida será a apresentação do diagnóstico dos ODS em Santa Catarina.

 

“O propósito é promover articulação e interlocução com públicos de interesse, apresentar proposições para melhorias nos indicadores, e encaminhar propostas de ação para as partes interessadas, a exemplo do poder público”, salienta Clarissa.

  

Serviço:

  

O quê: lançamento do ODS Think Thank, com apresentação do Diagnóstico Marco Zero dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) em Santa Catarina.
Quando: 14 de novembro de 2017, das 8h30 às 11h30
Onde: Auditório da Engie Brasil Energia - Rua Paschoal Apóstolo Pítsica, 5064 Agronômica, Florianópolis.

  

Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

1) Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares.

2) Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e a melhoria da nutrição, e promover a agricultura sustentável.

3) Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades

4) Assegurar a educação inclusiva, equitativa e de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos.

5) Alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas.

6) Assegurar a disponibilidade e a gestão sustentável da água, e saneamento para todos.

7) Assegurar o acesso confiável, sustentável, moderno e com preço acessível à energia para todos.

8) Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, o emprego pleno e produtivo, e o trabalho decente para todos.

9) Construir infraestruturas resilientes, promover a industrialização inclusiva e sustentável, e fomentar a inovação.

10) Reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles.

11) Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis.

12) Assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis.

13) Tomar medidas urgentes para combater a mudança climática e os seus impactos.

14) Conservação e uso sustentável dos oceanos, dos mares e dos recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável.

15) Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da terra, e deter a perda de biodiversidade.

16) Promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos, e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis.

17) Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável.

 

O Movimento ODS Nós Podemos Santa Catarina

 

O Movimento Nacional ODS Nós Podemos Santa Catarina é um movimento social constituído por voluntários, com a finalidade de contribuir para a melhoria da qualidade de vida da sociedade catarinense, visando cumprir com os compromissos da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, aprovada pelos países membros da ONU durante sua 70ª Assembleia Geral realizada em setembro de 2015, em Nova York.

 

Tem por missão facilitar a incorporação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) na prática das pessoas e organizações em Santa Catarina. Busca a construção de uma sociedade melhor, socialmente inclusiva, ambientalmente sustentável e economicamente equilibrada.

Fonte: Carine Bergmann - Movimento Nacional ODS Nós Podemos SC.




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro
Siga-nos no facebook

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.